Zenildo, o senhor é um puxa saco! Fuxiqueiro!, disse Vereador de Petrolina ao seu colega

O nível de diálogo na Câmara de vereadores de Petrolina,cada dia piora. E nessa quinta-feira, 31 de setembro, os trabalhos foram muito tensos. Tudo começou por causa dos times de futebol do município ( Petrolina Clube  e o 1º de Maio), que por causa da  falta de documentos, as equipes,  estão fora da Série A2 do Campeonato Pernambucano. Para o vereador Ronaldo Silva, a secretaria municipal de Cultura, Turismo e  Esporte, é a culpada de não ter liberado o estádio da cidade por falta de interesse. Ainda segundo  o vereador, a secretária Maria Elena, tem que dar   explicações para o público petrolinense, a respeito do assunto. O futebol petrolinense completará  cem anos de história, e ainda assim, sofre e, sofre muito com o desprezo por parte do poder público da cidade.

“Eu sou desportista e vou brigar pelo o esporte de Petrolina. Não tiveram interesse de liberar o estádio.É necessário que a secretária dê explicações aqui nesta casa, sobre a interdição. Não estou aqui para passar a mão na cabeça de ninguém, sou aliado de todo mundo. Sou aliado, mas o que tiver de errado eu vou falar. Ninguém me cala, só Jesus Cristo. Eu não admito vereadores puxa-saco que estão levando fuxico para o prefeito”, ”, bradou firmemente  o vereador.

Parece que a bancada de situação começou a se dividir.  E, se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; E, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir. Palavras de Alguém que conhecia muito a politica de um estado.

Por Cauby Fernandes

@lingua

Sobre o autor

Cauby Fernandes
Cauby Fernandes

O blog @lingua tem a assinatura de Cauby Fernandes,Radialista/Comunicador Social com DRT-PE 3685. Cauby Fernandes também é Teólogo graduado em nível superior pela Faculdade Cenecista de Osório (FACOS). O Blog @ Língua tem parceiros importantes que fazem do blog uma ferramenta de informação precisa para todas as idades e tipos de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *