Arquivo - 13 de Janeiro de 2018

1
Fila no SUS para cirurgia na próstata como a de Temer tem mais de 8 mil pedidos
2
Mulheres ganham reforço com Lei que previne Violência doméstica em Petrolina
3
Até que enfim! Centro de Zoonoses resolveu recolher animais soltos nas Ruas de Petrolina
4
Relação do PSL e Livres ficou balançada após a chegada de Bolsonaro
5
Gaturiano Cigano comemora aprovação e sanção da Lei municipal de sua autoria
6
Orlando Tolentino, todo sorrisos, bota o pé na estrada
7
Discurso de Sebastião Oliveira passa por metamorfose política
8
Lula é o nome mais citado em notícias falsas no país, diz pesquisa
9
Petrolina e Juazeiro reajustam passagem de ônibus
10
MinC faz força-tarefa para recuperar credibilidade da Lei Rouanet
11
Congresso de agricultores familiares em Petrolina discute Reforma da Previdência e políticas públicas para categoria
12
Nova etapa de ciclovia em Petrolina é entregue à população

Fila no SUS para cirurgia na próstata como a de Temer tem mais de 8 mil pedidos

Resultado de imagem para hiperplasia prostatica

A hiperplasia prostática benigna (HPB) condição com a qual Temer foi diagnosticado em outubro, tem incidência de 90% entre homens com 85 anos, segundo a Associação Americana de Urologia – ainda que nem todos sofram com os sintomas tampouco com eventuais complicações do tratamento, que ocorreram no caso do titular do Planalto.

Mas, nas alas dos hospitais públicos brasileiros, tão comum quanto o diagnóstico da hiperplasia pode ser a dificuldade em obter o tratamento ideal em um prazo razoável. Que o diga o sergipano Raimundo Oliveira, de 69 anos, que conta ter esperado dez anos para se submeter à cirurgia que poderia resolver seu problema.

Em dezembro, ele finalmente deu fim à sua cruzada pela operação – que incluiu a passagem por quatro unidades de saúde e foi concluída no Centro de Referência para Saúde do Homem, abrigado no Hospital de Transplantes Dr. Euryclides de Jesus Zerbini, na capital paulista.

O aposentado Raimundo Oliveira, que esperou por dez anos para fazer cirurgia urológica“Não desejo para ninguém este sofrimento. Somente em um hospital, fiquei cinco anos na fila de espera. E a cada dia que passa, piora”, diz o sergipano, aposentado do setor metalúrgico e morador da capital paulista.

A situaçãoivida por Oliveira se repete entre milhares de brasileiros, segundo dados extraídos pela BBC Brasil de um levantamento divulgado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em dezembro. O conselho solicitou, por meio da Lei de Acesso à Informação, o volume da fila de espera para cirurgias eletivas (aquelas agendadas e não urgentes) nas redes estaduais e municipais das capitais em junho de 2017.

Os dados repassados por 16 Estados e 10 capitais indicam que, no Brasil, estão à espera pelo menos 8,2 mil pedidos (7.465 nos Estados e 733 nas capitais) de realização do procedimento de ressecção endoscópica de próstata – tratamento cirúrgico tradicional para a hiperplasia e pela qual Temer passou em outubro.

O levantamento não considera o número de pacientes, mas as solicitações – ou seja, um mesmo paciente pode ter mais de um pedido de cirurgia nas redes municipal e estadual.

Mulheres ganham reforço com Lei que previne Violência doméstica em Petrolina

A Lei no. 2.995 de Janeiro de 2018 publicada no Diário Oficial  do Município na edição da última quinta-feira (11),  institui o Projeto de Prevenção da Violência Doméstica.  A autora da lei é a Vereadora Cristina Costa do Partido dos Trabalhadores, única mulher parlamentar em exercício na Câmara Municipal de Petrolina.

De acordo com a Lei  a lei prevê combater as violências física, psicológica, sexual, moral e patrimonial contra as mulheres, promover serviços que garantam a proteção e a responsabilização dos agressores, acolhimento humanizado e orientação de mulheres em situação de violência por agentes comunitários de saúde capacitados.

O Poder Executivo definirá eu órgãos  assumirão as funções de coordenação,  implementação e monitoramento do projeto que será executado com as seguintes ações:

– capacitação dos agentes comunitários de saúde, impressão e distribuição da Cartilha “Mulher, vire a página”, e outros materiais relacionados ao enfrentamento da violência doméstica ; visitas domiciliares para difusão de informações sobre a Lei Maria da Penha e os direitos por ela assegurados; orientações sobre a rede de atendimento à mulher vítima de violência doméstica; realização de estudos e diagnóstico para acúmulo de informações destinadas ao aperfeiçoamento de políticas  de segurança que busquem a prevenção e o combate à violência contra as mulheres.

A Lei entrou em vigor e a Vereadora Cristina Costa comemora a sanção dessa ferramenta que fortalece a prevenção e violência contra as mulheres. “ É importante  essa lei porque é uma articulação maior, e os agentes de saúde convivem diretamente com os lares petrolinense, eles podem perceber a  violência doméstica e reforçar as ações da rede de proteção dos direitos da mulher”, afirmou Cristina.

Até que enfim! Centro de Zoonoses resolveu recolher animais soltos nas Ruas de Petrolina

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), depois de várias denúncias na mídia, resolveu ampliar nesta semana o serviço de recolhimento de animais de grande porte em Petrolina. Um desgastes que poderia ter sido evitado há meses. Agora, segundo, o Centro de Zoonoses, serão feitas duas vezes por semana ronda noturna para amenizar o problema denunciado e recolher os animais.

Graziella Correia, coordenadora do Centro de Zoonoses,  disse que  foi identificado que os proprietários aproveitavam o horário noturno para soltar os animais (nada de novo). Segundo a coordenadora, a prática coloca em risco a segurança da população de Petrolina. Apenas disse , o que todos já sabiam.

Enfim  e por fim, alguma providencia vai ser tomada, nada mais que a população já esperava há muito tempo. Só resta dizer, que os animais também foram soltos na gestão anterior, como é de praxe do atual governo.

 

Relação do PSL e Livres ficou balançada após a chegada de Bolsonaro

Bolsonaro provoca crise entre PSL e Livres

PSL, novo partido de Jair Bolsonaro, enfrenta uma crise interna após ter anunciado o deputado federal como pré-candidato à Presidência. O presidente da sigla, Luciano Bivar, já anunciou: “Quem vier para não apoiar o Bolsonaro, é preferível que não venha”.

A expectativa é de que Bolsonaro seja lançado como presidenciável em março. No entanto, parece que mais gente pediu para sair do que para entrar no partido desde o anúncio de filiação do polêmico deputado.

De acordo com a reportagem do jornal O Globo, no último dia 5, após o anúncio da filiação, o Livres, corrente de viés liberal da legenda, anunciou uma saída em bloco de filiados, acusando o pré-candidato de ser um “falso liberal”.

A própria família Bivar discorda sobre a decisão. Sérgio, um dos fundadores do Livres, optou pelo grupo dissidente ao invés do projeto liderado pelo próprio pai. O nome de Bolsonaro no PSL também também teria causado o cancelamento da estratégia do partido de ganhar seis deputados federais. A negociação, intermediada pelo Livres, foi cancelada.

Enquanto isso, Bivar tenta minizar o “efeito Bolsonaro”. “O Livres é um movimento criado por mim. Saíram meia dúzia de rapazes que cabem numa Kombi. Nós precisávamos de alguém que carregasse nossas bandeiras”, disse.

Paulo Gontijo, presidente interino do Livres, argumenta que o grupo chegou a assumir 12 diretórios estaduais e iniciou os processos de expulsão do deputado federal Alfredo Kaefer, do Paraná, que se absteve na votação da cassação de Eduardo Cunha, e do deputado estadual carioca Márcio Canella, que votou pela soltura de Jorge Picciani.

No entanto, parece que a relação entre PSL e Livres ficou balançada após a chegada de Bolsonaro. Após o anúncio da chegada do pré-candidato ao partido, o grupo alegou incompatibilidade ideológica. “Nossa incompatibilidade vem pela forma como ele faz política, com autoritarismo”, afirma Gontijo.

Ainda segundo O Globo, Bivar defende que Bolsonaro ele será um “arauto do liberalismo” para o partido. “O pensamento dele é o mesmo que o meu”, sustenta o presidente do PSL.

Gaturiano Cigano comemora aprovação e sanção da Lei municipal de sua autoria

 

 

O projeto de lei 2.954/2018, que dispõe sobre normas de segurança nos estabelecimentos bancários e financeiros no município, foi sancionado pelo Prefeito Miguel Coelho.  O projeto de Lei foi  aprovado pela Camara de vereadores por unanmidade. O autor do projeto de Lei, é o vereador Gaturiano Cigano (PRP).

As regras de segurança valem para todos os estabelecimentos instalados no municipio e têm a finalidade de propiciar melhores condições de segurança para os clientes, usuários e funcionários dessas instituições. Caso não sejam cumpridas as regras, entidades sindicais ou qualquer pessoa física poderão denunciar nos órgãos competentes. O denunciante poderá ou não se identificar.

As infrações ficam sujeitas, conforme o caso, às sanções administrativas, que vão de advertência (na primeira autuação) a multa (persistindo a infração) no valor de até R$ 200 mil, passando por suspensão temporária de atividade até cassação de licença de funcionamento.

Pela lei, são atribuídas como instituições financeiras bancos oficiais ou privados, caixas econômicas, sociedades de crédito, associação de poupança, suas agências, postos de atendimento, agências móveis, central de arrecadação, agência integrada, assim como as cooperativas singulares de crédito e suas respectivas dependências.

Entre as regras, estão a proibição de funcionamento de qualquer estabelecimento financeiro que não possua sistema de segurança com parecer favorável à sua aprovação. Neste caso, a aprovação poderá ser feita pela Secretaria de Segurança e Defesa Social, desde que haja convênio celebrado com o Ministério da Justiça.

Gaturiano, que tinha comemorado  a aprovação da Lei no Estado que saiu  na edição do Diário Oficial, agora sente-se mais fortalecido com a aprovação do Executivo ao seu projeto de Lei.

De acordo com o vereador, o objetivo do projeto é preservar a integridade física dos usuários e correntistas que utilizam dos serviços prestados pelos bancos, bem como proteger seus bens, principalmente depois que as agências estiverem fechadas. “Após o horário de expediente, os usuários dos caixas eletrônicos ficam desprotegidos e vulneráveis, e nós como legisladores,  não podemos apenas ficar de expectadores vendo a  falta de segurança na cidade. Precisamos nos mobilizar, e acredito que o projeto visa o bem comum, visa dar um pouco de tranquilidade para quem usa os serviços bancários em nosso município”, acredita Gaturiano.

O projeto determina que as agências bancárias mantenham vigilantes armados atuando dentro das agências durante 24 horas por dia, inclusive em fins de semana e feriados, e estabelece a obrigação a bancos e cooperativas de crédito, público e privados, e não afeta caixas eletrônicos em outros estabelecimentos, como postos de combustíveis e agências lotéricas.

 

Orlando Tolentino, todo sorrisos, bota o pé na estrada

Resultado de imagem para com o pé na estrada
Orlando Tolentino (MDB),que é  pré-candidato a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco, é todo sorriso.  O pré -candidato, depois da sentença parcial da justiça pernambucana, em relação à dissolução do Diretório estadual do MDB,  tomou mais fôlego e foi parabenizado por diversos correligionários.
Por conta disso, Tolentino, botou o pé na estrada e vai  cumprir agenda no Sertão ao lado do senador Fernando Bezerra Coelho e do Ministro de Minas e Energia Fernando Filho, ambos também,  pré-candidatos.

Tolentino,que vem construindo sua pré-candidatura nas cidades de Orocó, Salgueiro, Lagoa Grande, e Cabrobó, anda confiante que será um dos escolhidos pelo Cacique do grupo, o senador Fernando Bezerra.

 

 

Discurso de Sebastião Oliveira passa por metamorfose política

sebastiao-oliveira-e-luciano-duque-eleições-2018-roberiosa Discurso de Sebastião Oliveira passa por metamorfose política
Sebastião Oliveira quer aliança com Luciano Duque e o PT para as eleições.

 

O Secretário de Transportes e Deputado licenciado, Sebastião Oliveira (PR), apagou do seu histórico político os ataques e as acusações ao Partido dos Trabalhadores (PT). Nesse último mês, o republicano revelou para todo o estado, que teme a derrota do Governador Paulo Câmara (PSB) para a vereadora do Recife e pré-candidata ao Governo do Estado, Marília Arraes (PT).

O político, sempre domado pela autoridade, abrandou seu discurso contra os ex-presidentes Lula e Dilma e, agora, deseja, o mais breve possível, ter um aperto de mão fraterno com o prefeito de Serra Talhada e articulador política da candidatura da neta de Arraes, Luciano Duque (PT). Em uma tática maquiavélica, Sebastião, supostamente, deve ter recebido orientação de Paulo Câmara que, recentemente, defendeu a candidatura presidenciável de Lula. No entanto, o mote dos discursos é em prol de tirar a candidatura da petista, Marília Arraes, de cena para tentar manter o seu poderio no Palácio do Campo das Princesas em 2019.

O temor do republicano não é somente com relação à candidatura de Marília Arraes, mas em relação à queda dupla que pode sofrer na política, além do ofuscamento que teria, caso Luciano Duque, assumisse cargo de importância política no estado, em 2019, com uma vitória do Partido dos Trabalhadores (PT), em cima da Frente Popular de Pernambuco.

O curioso é que Sebastião Oliveira apagou da sua caderneta histórica, a derrota política de 2012 e todo o discurso contrário aos petistas, principalmente, aqueles sobre corrupção, mensalão, impeachment e outros, que sempre estiveram na ponta do seu dialeto político, em entrevistas, nos meios eletrônicos e radiofônicos.

Na imprensa, o secretário de estado, passou a ser renomeado como “oxentê”, porque, intrigantemente, foi um dos maiores opositores e críticos aos projetos da ala petista, capitaneados por Duque, que o derrotou na Eleição de 2012, quando tinha o apoio de Inocêncio Oliveira e Eduardo Campos no seu palanque. Talvez, fora a derrota mais emblemática das últimas duas décadas da política local.

Uma frase de Maquiavel se encaixa, perfeitamente, no duplo discurso político que Sebastião Oliveira tenta empreitar no xadrez das Eleições de 2018: “Os homens ofendem mais aos que amam do que aos que temem”.

Se o republicano ofende ou ama mais alguém na política não se pode aferir, agora, de certo, o coração azul está passando por uma “metamorfose” e, pode, a qualquer momento ficar vermelho.  “Meu Coração é vermelho. De vermelho vive meu coração”, dizia a canção de campanha dos petistas em 2010.

 

 

 

Com o Blog do Robério Sá

Lula é o nome mais citado em notícias falsas no país, diz pesquisa

Lula é o nome mais citado em notícias falsas no país, diz pesquisa

ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o nome que mais aparece em notícias falsas publicadas no Brasil. A conclusão é de uma pesquisa da revista ‘Veja’.

O presidente Michel Temer e o juiz federal Sergio Moro aparecem em segundo e terceiro lugar no ranking de mais citados em fake news, respectivamente.

Segundo a pesquisa, 73% das publicações falsas a respeito de Lula têm viés negativo, 20% são positivas e 7% são neutras. A pesquisa contabilizou um total de 116 textos inverídicos sobre o petista a respeito do petista.

Temer foi alvo de 77 publicações falsas, sendo 92% negativas, 4% positivas e 4% neutras. Moro é personagem de 59 boatos, sendo 53% negativos, 37% positivos e 10% neutros.

A lista dos mais citados é completada por Gilmar Mendes (4º lugar); Aécio Neves (5º), Dilma Rousseff (6º), Jair Bolsonaro (7º), Cármen Lúcia (8º), Sérgio Cabral (9º) e Jean Wyllys (10º). Destes, somente Bolsonaro registra número maior de notícias falsas de viés positivo: são 67%, contra 22% negativas e 11% neutras. Já Jean Wyllys tem 100% de notícias negativas.

O levantamento analisou cerca de 12 000 postagens de doze páginas do Facebook conhecidas por divulgar mentiras falsas. Destas, foram isoladas as que geraram maior número de reações e compartilhamentos.

Petrolina e Juazeiro reajustam passagem de ônibus

Resultado de imagem para reajuste

A passagem de transporte coletivo em Petrolina pesará um pouco mais para quem utiliza os ônibus da cidade. A tarifa que ficará mais cara a partir de hoje (13), sobe 20 centavos de Real e agora passará  de R$ 3,50 para R$ 3,70.

Na vizinha cidade (Juazeiro ), a prefeitura também anunciou que a cobrança mais alta alcançará os juazeirenses. O comunicado sobre a mudança,  entrará em vigor neste domingo (14).

A partir de amanhã, os valores cobrados nas passagens de ônibus são:

  • Preço da tarifa sede: R$ 3,70
  • Preço da tarifa com cartão eletrônico: R$ 3,40
  • Preço da tarifa para estudantes: R$ 1,85

Para as linhas distritais:

  • Preço da tarifa: R$ 4,50
  • Preço da tarifa com cartão eletrônico: R$ 4,00

MinC faz força-tarefa para recuperar credibilidade da Lei Rouanet

MinC faz força-tarefa para recuperar credibilidade da Lei Rouanet

Ministério da Cultura está fazendo uma força-tarefa para colocar as prestações de contas da Lei Rouanet em dia. Segundo o ministro Sérgio Sá Leitão, o objetivo da ação é “resgatar a credibilidade da Rouanet”.

Como apurado pela colunista Mônica Bergamo, da ‘Folha de S. Paulo’, o passivo era de 20 mil projeto ao final de 2015. Este número caiu para 17.500 no fim de 2017.

“Houve um esforço grande em 2017, com uma força-tarefa”, explicou Sá Leitão, que está no cargo desde julho. Parte dos projetos analisados no ano passado era de 2005.

“Estamos enfrentando o déficit para resgatar a credibilidade da Rouanet. É algo que interessa a todo o setor cultural”, disse ao jornal.

Ainda de acordo com a publicação, das 2.390 prestações analisadas no ano passado, 201 foram reprovadas.

Produtores culturais reclamam da demora do governo, que muitas vezes exige documentos antigos que já estão desbotados. Outros dizem que as prestações de contas antigas estariam sendo feitas seguindo as regras atuais, o que o ministro afirma que não deve acontecer.

Congresso de agricultores familiares em Petrolina discute Reforma da Previdência e políticas públicas para categoria

Petrolina terá um dia de discussões intensas sobre a cultura agrícola na próxima sexta-feira (26). Agricultores, prefeitura, representantes do INSS, INCRA, MAPA, Univasf, IF-Sertão e associações vão se reunir no 1º Congresso Municipal dos Agricultores Familiares, que é promovido pelo Sintraf. O tema desta edição é ‘Garantia das Políticas Públicas para o Campo’, e os debates serão realizados a partir das 8h, no auditório do SENAC.

O congresso será uma oportunidade para a categoria apresentar demandas e ouvir dos representantes das entidades assuntos, como: reforma previdenciária, agricultura de baixa emissão de carbono e políticas públicas voltadas à agricultura familiar. “O congresso é aberto a todos os homens e mulheres do campo, do sequeiro, irrigado, ribeirinho e assentamentos de Petrolina”, detalhou a presidente do Sintraf, Isália Damacena.

Também devem participar do encontro sindicatos de Cabrobó, Belém do São Francisco, Glória do Goitá e Lagoa de Itaenga, dentre outros. A organização do congresso explica que os palestrantes serão destinados pelas instituições participantes. De acordo com Isália, o Sintraf conseguiu a disponibilização de transportes para os agricultores que não tiverem como se deslocar até o SENAC.  Os debates estão previstos até às 16h, com intervalo para coffee break e almoço.

O credenciamento dos participantes do evento será feito uma hora antes do início das atividades. No encontro, ainda será realizada a renovação da direção do Sintraf, além de discutidas as pautas e agenda pragmática para os próximos quatro anos.

Nova etapa de ciclovia em Petrolina é entregue à população

A prefeitura de Petrolina inaugurou, na noite desta sexta (12), mais uma etapa da ciclovia Major Prado. A obra que foi iniciada na antiga gestão,  fica localizado próximo ao Batalhão da Polícia Militar, ligando a Facape até a entrada de Petrolina.

Além da pista de asfalto prioritária para os ciclistas, foram construídas as calçadas para os pedestres. A obra ainda assegurou a implantação de luminárias com maior potencial de iluminação no trecho próximo ao Batalhão da PM.

A expectativa é completar toda a pista até maio ou junho, totalizando quase 8 km de faixa para os ciclistas, sendo a  última etapa próximo ao Iate Clube.