Arquivo - Novembro 2017

1
Gaturiano Cigano: ” Enquanto eles discutem eu trabalho”
2
Denúncia contra o senador Fernando Bezerra Coelho será votada nesta terça 28/11
3
Na Câmara de vereadores de Petrolina é assim: Quando o santo não bate até a voz irrita
4
Julio Lóssio candidato a governador de Pernambuco pela Rede
5
Chuvas animam especialistas e nível de reservatórios sobe no País
6
Petrolina é uma das cinco cidades que mais gerou empregos no Brasil
7
Governo oferece cursos grátis de Excel, inglês e espanhol; veja lista
8
Branco se declara negro para entrar em faculdade
9
Políticos fazem de tudo para aparecer. Produto já está no mercado!
10
Fernando Bezerra: “Há três anos, não quiseram que eu fizesse  parte do governo de Pernambuco”
11
Conta de luz segue com bandeira vermelha em dezembro, mas patamar menor
12
Secretaria de Defesa Social de PE inaugura hoje em Petrolina Centro de Assistência Social para PMs
13
Cristovam Buarque pode concorrer ao Planalto em 2018 pelo PV
14
Zona Azul: se roubarem meu carro,como fica?
15
Petrolina precisa de uma Câmara mais feminina. Maria Elena poderá voltar à Casa Plínio Amorim
16
Semana da Conciliação começa nesta segunda (27) com 9,6 mil processos inscritos

Gaturiano Cigano: ” Enquanto eles discutem eu trabalho”

Longe das brigas cotidianas da Casa Plínio Amorim, o vereador  Gaturiano cigano, vai dando seus passos para que sua atuação como representante do povo na Câmara de Petrolina, seja cada vez mais elogiada.

o vereador da bancada governista,que na semana passada foi elogiada pela vereadora Cristina Costa pela sua atuação zelosa com o municipio, agora  reforça seus pleitos junto ao ‘Governo Novo Tempo’ para melhorar a vida da população. Na sessão desta terça, 28, Gaturiano, conseguiu a aprovação das suas  indicações, e uma delas foi  para atender a população no âmbito da saúde municipal.

O vereador solicitou  à secretária Magnilde Albuquerque,  o aumento na cota de fitas reagentes para testes de glicemia. “A procura  para esse processo  é de  grande número.  Por essa razão, estamos pedindo o aumento do material para que os petrolinenses possam realizar o teste , e poder  prevenir ou tratar , se necessário, diversos tipos de doença”,falou o vereador.

Outro assunto e requerimento aprovado, foi aquele em que o  o vereador solicitou ao governo, por meio do secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário de Petrolina, José Batista da Gama, que inclua na relação de comunidades atendidas pelo programa Água Boa, de carros pipa, os assentamentos Oziel, Nova Vida e Cacimba.

“Essas  regiões estão sofrendo com a estiagem que têm prejudicado a população local com a falta d’água constante. Por isso é mais especial e intenso, bem como de urgencia. Portanto, faço esse apelo ao prefeito Miguel Coelho para que por meio da secretaria competente, faça chegar essa solicitação do nosso mandato até essas comunidades. Enquanto os vereadores discutem, eu trabalho”, desabafou Gaturiano Cigano.

Por Cauby Fernandes

 

Denúncia contra o senador Fernando Bezerra Coelho será votada nesta terça 28/11

Resultado de imagem para fernando bezerra critica paulo camara na radio jornal segunda 27 de novembr

Terça-feira (28/11), esse é o dia em que a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF),  decidirá se recebe ou não, a denúncia contra o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB/PE). Bezerra é  acusado de lavagem de dinheiro e corrupção passiva .

As empreiteiras Queiroz Galvão, OAS e Camargo Corrêa, de acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR),  teriam feito dado dinheiros ao Partido Socialista Brasileiro que estariam ligadas à construção da Refinaria de Abreu e Lima, da Petrobras, em Pernambuco. Segundo a PGR, esses dinheiros, seriam  um tipo de compensação pelo apoio do governo estadual às obras e à concessão de benefícios tributários.

Conforme a  acusação apresentada pela PGR, parte desse dinheiro,  seria destinado à campanha de reeleição do falecido governador Eduardo Campos (PSB) ao governo Pernambuco. Naqueles dias, Fernando Bezerra Coelho era secretário de Desenvolvimento Econômico do estado de Pernambuco e dirigente do Porto de Suape.

O julgamento teve início na semana passada com a leitura do relatório pelo ministro Edson Fachin e os suportes orais dos advogados das partes. Também  dissertou o representante do Ministério Público Federal (MPF). A sessão desta terça-feira (28) será retomada com o voto do relator.

Por Cauby Fernandes

Na Câmara de vereadores de Petrolina é assim: Quando o santo não bate até a voz irrita

 

Resultado de imagem para castelo de areia

 Castelo de Areia

Um erro na pauta da sessão ordinária desta terça-feira, 28/11, transformou a reunião da Casa Plínio Amorim, em mais uma sessão quente e cheia de trolóló. Depois de reconhecerem erro na pauta, os servidores da Casa Plínio Amorim, não esperavam que fossem questionados pelo assessor especial e ex-vereador Alvorlande Cruz.

Cirúrgico como sempre,  Cruz,  questionou o erro e pediu explicações sobre a mudança de pauta. O pedido de Alvorlande ,  indignou  e  causou revolta aos presentes.  Ao ouvir o estardalhaço que se fez no lugar, o vereador Gilmar Santos (PT), que estava com a palavra, disse ter testemunhado umc caso grave de abuso e assédio moral contra uma servidora da Casa.

A mesma cantiga

O petista não perdeu tempo e ligou a vitrola no mesmo disco , que temos ouvido em toda sessão: Os assessores  estão atrapalhando a reunião. Gilmar disse: “Eu chamo atenção dos Senhores vereadores, vamos fazer a denúncia, não é respeitoso com a população de Petrolina. Fica o nosso protesto”, falou.

O líder da situação na Câmara, o vereador Ruy Wanderley (PSC), entrou na conversa e saiu em defesa do prefeito, porém censurável  e de forma intensa não poupou palvras de ordem dirigida a alguns membros do poder executivo. “Eu sei que o que vou dizer agora vai gerar repercussão, mas eu não estou nem aí. Se houve um erro por parte de um funcionário, as coisas não podem ser conduzidas dessa forma”, salientou o líder.

Ruy continuou seu desabafo, dizendo que essas decisões são tomadas de forma isolada por parte dos assessores “Essa foi foi uma decisão isolada de um membro do poder executivo que não tem a orientação do prefeito Miguel Coelho, mas eu gostaria de dizer que vem acontecendo desde a gestão passada, de componentes do governo e também de oposição e ninguém faz nada. Sou do governo, ajudei a eleger o governo mas queria externar minha opinião. Eu sou contra essa prática, e toda reunião tem que a mesa diretora ficar pedindo para fazerem silêncio.

O líder ainda desafiou os assessores, dizendo que o comportamento é vergonhoso, e quem quisesse achar ruim, que achasse.”Ache ruim quem achar, eu sou contra membros do poder executivo na sua posição de assessor ficarem nas dependências da Câmara. Isso é uma vergonha! Eu passei oito anos fora daqui, mas eu via o executivo mandar os cargos comissionados para a Câmara pegar em paletó de vereador (lembrando de Khalil assessor que puxou o paletó de Cicero Freire), no meu ninguém pega”, desafiou.

O líder da bancada de situação deixou o plenário, alegando que, enquanto os assessores do governo permanecessem com a mesmo conduta na Casa, ele não atuaria na reunião. “Enquanto esses membros do poder estiverem aí eu não participo de sessão”. Depois desse “brega” , a sessão teve que ser parada. Depois da pausa , os  trabalhos recomeçaram.

Depois disso, o líder de situação e Orlando Tolentino,assessor especial, foram se entender na Sala da Presidência, e pelo gritos ouvidos , a coisa pegou pegando. Ruy Wanderley e Orlando Tolentino trocaram farpas e desagravos. Ainda bem que o presidente estava lá, por que se não…  Na Câmara de vereadores de Petrolina é assim: Quando o santo não bate até a voz irrita.

Por Cauby Fernandes

 

Julio Lóssio candidato a governador de Pernambuco pela Rede

Resultado de imagem para Lossio julioO que era boato , virou fato, e o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio, deixa o PMDB  e agora está filiado  à Rede Sustentabilidade. A adesão foi aprovada por unanimidade em reunião do Diretório Estadual do partido , que foi  realizada na última quinta-feira, 22 .

A aprovação de Lóssio , faz com que novas esperanças cheguem à Rede Sustentabilidade em Pernambuco,  e com essa novidade,  nos bastidores da legenda,  a conversa é que Lóssio poderá ser o candidato ao Governo de Pernambuco pela sigla.

No País, a militância da Rede,  anda incrédula em relação as negociações com o PSB nacional , já que o partido pode não  sinalizar apoio à candidatura presidencial de Marina Silva. Os da Rede perceberam  que os  socialistas andam flertando com o governador Geraldo Alckmin, Lula, Ciro Gomes, menos ao nome da ex-ministra.

Um apoio do PSB ao projeto presidencial de Marina é condição imposta pelos membros da Rede para estar no palanque de Paulo Câmara em 2018. Então, caso isso não se concretize, o secretário de Meio Ambiente, Sérgio Xavier, poderá sair do governo estadula.

A probabilidade  concreta de Júlio Lóssio concorrer a governador, encabeçando um palanque para Marina no Estado, ainda será  discutida. O nome do médico e ex-prefeito da maior cidade do Sertão ,  é  leve e tem boa receptividade. A Rede viabilizará  um ato para anunciá-lo como candidato ao governo,caso a candidatura de Lóssio se concretize.

Por Cauby Fernandes

Chuvas animam especialistas e nível de reservatórios sobe no País

O registro de chuvas no chamado período úmido na bacia do rio São Francisco deixa os técnicos animados, mas ainda preocupados. Durante a reunião que analisa as condições hidrológicas na bacia do chamado rio da integração nacional, promovida pela Agência Nacional de Águas (ANA), nesta segunda-feira (27 de novembro), foram mostrados números animadores. Apesar do registro de chuvas na bacia, a palavra de ordem é manter a prudência com vistas a garantir os níveis dos reservatórios instalados na bacia.

Durante a reunião promovida pela agência federal em Brasília e transmitida por videoconferência para os estados inseridos na bacia do Velho Chico, a equipe técnica do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden) anunciou que apesar do previsto de precipitação nessa semana ser de 45mm, foi registrado o índice de 25mm. Mesmo assim, o índice é animador. O motivo da precipitação inferior ao previsto está na seca do solo, que segue ainda muito severa. Para os próximos dias, há o registro da formação de uma frente fria, que ficará estacionária e deverá provocar chuvas em Minas Gerais. “Os sistemas meteorológicos estão comemorando. Praticamente toda a bacia receberá chuva nos próximos sete dias. A previsão é de pelo menos 30mm”, informou o coordenador-geral de Operações e Modelagem do órgão, Marcelo Seluchi.

Ainda conforme sua explanação, a previsão para Sobradinho (BA) e Três Marias (MG) é de uma precipitação de 30mm. São chuvas consideradas dentro da normalidade. “A previsão para dezembro é muito melhor que a de outubro. Naquele mês, as chuvas demoraram a cair na bacia. O que falta é a umidade do solo atingir um índice melhor para contribuir com essa chuva”, acrescentou Seluchi. Ele prometeu apresentar na próxima semana a estimativa de chuvas para os primeiros dias de 2018.

Ainda na reunião que acontece semanalmente, a equipe do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apresentou dados que apontam que já houve previsão pior para a bacia em anos anteriores. Além disso, as premissas para armazenamento dos reservatórios até 1º de janeiro aponta para uma prática de 80m³/s em Três Marias e de 550m³/s tanto em Sobradinho, podendo ser elevado, quanto em Xingó. Em Três Marias, a previsão é de um armazenamento de 20%; em Sobradinho, de 7,1%, tendo saído de quase zero e em Itaparica (PE), 10%.

Apesar dos índices animadores, o 2º Comando Naval relatou problemas de navegação no território mineiro, em regiões próximas a Pirapora. O motivo seria a redução da defluência, de 200 metros cúbicos por segundo (m³/s) para o patamar atual, de 80m³/s. O impacto foi de uma diminuição no nível do rio de aproximadamente 70cm. Ainda essa semana haverá reunião entre a Companhia Hidrelétrics do São Francisco (Chesf) e o ONS para analisar a possibilidade de elevação da defluência em Sobradinho.

O superintendente de Recursos Hídricos da ANA, Joaquim Gondim, aproveitou para pedir prudência nos dados apresentados, com vistas a recuperação dos níveis dos reservatórios. Ele apresentou dados de 2015, nos quais havia a previsão animadora, mas a realidade se mostrou bem diferente. “Estamos otimistas, mas é preciso que a água entre nos reservatórios para que tenhamos mais segurança”, considerou Gondim.

Em virtude do calendário natalino, ficou definido que as próximas reuniões para analisar as condições hidrológicas da bacia do São Francisco devem ocorrer nos dias 4, 11 e 18 de dezembro e depois disso, somente no dia 8 de janeiro. Entretanto, o Cemaden deverá enviar os dados das análises nas terças-feiras seguintes, seguidas das explicações técnicas.

Por Cauby Fernandes

Petrolina é uma das cinco cidades que mais gerou empregos no Brasil

 

 

O jornal Valor Econômico traz, nesta segunda-feira (27), uma matéria ressaltando que Petrolina é a quinta cidade no Brasil e primeira em Pernambuco na geração de emprego, no período de janeiro a outubro, com saldo positivo de 5 mil vagas de trabalho. O município sertanejo aparece atrás apenas de São Paulo (SP), Joinville (SC), Goiânia (GO) e Franca (SP).

A explicação principal para esse crescimento nas vagas de trabalho está ligada à fruticultura irrigada. O Valor Econômico mostra que o setor agropecuária foi o grande impulsionador de trabalho este ano em Petrolina com mais de 4 mil vagas. Outra área que começa a respirar e indica o retorno do crescimento consistente na capital do São Francisco é o da construção civil, que gerou 209 oportunidades.

Petrolina obteve sucesso na geração de trabalho devido a exportações de frutas e também ao processo de formalização de empregos e uma retomada gradual de obras na cidade.

Por Cauby Fernandes

Governo oferece cursos grátis de Excel, inglês e espanhol; veja lista

Governo oferece cursos grátis de Excel, inglês e espanhol; veja lista

Ministério do Trabalho lançou uma plataforma de ensino a distância para tentar combater o desemprego. O Escola do Trabalhador oferece cursos de capacitação online, gratuitos e sem a necessidade de escolaridade mínima.

As formações tem, em média, 40 horas de duração. São doze eixos tecnológicos estabelecidos no Guia de Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) do Ministério da Educação e o usuário precisa apenas um computador ou outro aparelho com conexão à Internet.

As aulas são feitas a distância e o aluno pode criar o seu próprio plano de estudo no EAD, de acordo com a sua rotina e necessidade, precisando apenas respeitar o período de duração.

Os alunos que concluírem os estudos com a nota mínima para aprovação e que responderem à avaliação serão certificados pela Universidade de Brasília (UNB) como cursos de extensão.

O Tech Tudo listou os cursos disponíveis na Escola do Trabalhador:

1) Informação e comunicação

– Segurança da informação

2) Ambiente e saúde

– Conhecendo o perfil do agente comunitário de saúde e o seu processo de trabalho

– Cuidando de pessoas idosas

3) Turismo, Hospitalidade e Lazer

– Agenciamento de viagens

– Espanhol aplicado ao trabalho

– Inglês aplicado ao trabalho

4) Recursos naturais

– Análise de Investimento

– Criando um negócio de sucesso

– Empreendedorismo na pesca

5) Desenvolvimento educacional e social

– Português básico para o mundo do trabalho

6) Produção alimentícia

– Higiene na indústria de alimentos

7) Segurança

– Segurança da informação

8) Produção cultural e design

– Edição e tratamento de imagens

9) Produção industrial

– Gestão da Qualidade

10) Gestão e negócios

– Análise de Investimento

– Comunicação escrita para o trabalho

– Criando um negócio de sucesso

– Demonstrações Contábeis e sua Análise

– Elaboração de folha de pagamento de empresas

– Fundamentos e Processos de gestão de Recursos Humanos

– Introdução ao Excel

11) Infraestrutura

– Análise de riscos na construção civil

12) Controle e processos industriais

– Processos industriais.

Por Cauby Fernandes

Branco se declara negro para entrar em faculdade

Jovem loiro autodeclarado negro se diz arrependido e abandona UFMGVinicius Loures, 23, saiu cedo de casa para não perder a prova. Nos 40 dias anteriores ao Enem, estudou mais de oito horas por dia, decidido a conquistar uma vaga no curso de medicina. Dessa vez, queria passar do “jeito certo”.

Loures é o jovem branco de Belo Horizonte que se autodeclarou negro e fraudou o sistema de cotas raciais para medicina na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), um dos casos revelados pela Folha em setembro.

Ele frequentou a faculdade por apenas 50 dias. Após ser denunciado por movimentos negros, no final do mês passado desfez a matrícula.

Antes disso, Loures já tinha se inscrito no Enem, pois desde que iniciou as aulas era preterido e diz que se sentia incomodado. “Eu sabia que estava errado, sentia no olhar de pessoas que não me conheciam e não se aproximavam porque eu era o ‘manezão’ que burlou as cotas, o sem-caráter”, afirma ele, que acredita que o seu caso chamou atenção por ele ser “ex-modelo, loiro do olho azul”.

Aos 18 anos, o estudante viajou pela Ásia modelando, antes de ingressar no curso de engenharia civil. Largou os planos dois anos depois. Havia se interessado pela medicina pelo fato de ter descoberto um tumor no cérebro em 2015 durante um check-up realizado após capotar o carro.

“Senti uma gratidão muito grande pela médica que me operou. Foi muito louco. Isso me fez querer que as pessoas sentissem isso por mim”, conta Loures à reportagem.

Mas começou mal, diz. Percebeu que provocou decepção e ódio. “De certa forma entendi, porque eu fiz uma coisa erradíssima e isso voltou pesado. Se você é um negro que sofre todas essas situações preconceituosas na sociedade e alguém vai e rouba sua vaga, é algo que, no mínimo, gera raiva.”

Ele afirma não concordar com as fraudes e apoia o sistema de cotas. “Acho que tem que ter cotas sim, por isso estou dando essa entrevista.”

A desigualdade entre brancos e negros, diz, ele conhecia de maneira geral. “Mas a partir do momento que eu comecei a ocupar o espaço de um negro, passei a perceber essa discrepância de forma muito mais nítida.”

E explica: “Assim, na faculdade, os negros não chegam a 5%; na academia, que nem é dessas ‘topzeira’, a maioria é branca, as pessoas negras são a faxineira, o segurança”.

Ao se desligar da UFMG, ele diz que viu uma catadora de latinhas negra na rua e se questionou se o filho dela teria condições de fazer medicina. “Fiquei me vendo ocupando o lugar de uma pessoa assim, me fez muito mal, mas esse é um peso que eu não tenho mais que carregar”, disse o jovem com o olhar distante, que foi ficando vermelho e cheio d’água.

Filho único, Loures sempre estudou em colégios particulares, exceto no ensino médio, cursado no Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas (Cefet-MG), que o possibilita não disputar uma vaga na universidade por ampla concorrência, mas na categoria de estudantes oriundos de escolas públicas.

No entanto, com a nota (772) que ele tirou no Enem do ano passado, ficaria faltando quatro pontos, conforme os cálculos dele, para conseguir entrar pelo seu subgrupo em medicina na UFMG.

A instituição tem quatro categorias diferentes que distinguem os cotistas por renda, rede de ensino e raça.

Loures viu que se concorresse entre candidatos autodeclarados negros, pardos ou indígena conseguiria entrar com a nota obtida.

“Não parei para pensar nas consequências do ato em si, agi no impulso, não queria voltar para o cursinho nem ir para uma universidade fora de Belo Horizonte”, explica.

Neste Enem, teve ótimo desempenho na prova e na redação, conta. Acertou 12 questões a mais que em 2016. Loures acredita que deve atingir uma nota capaz de entrar em diferentes universidades do país.

Agora, está disposto a mudar de cidade para se formar médico. A UFMG não é mais uma preferência.

“Acho que superei essa história. Recebi mensagem de estudantes negros apoiando a minha decisão [de sair da vaga], mas é uma parada que vai ficar marcada.”

Por Cauby Fernandes

Com informações da Folhapress.

Políticos fazem de tudo para aparecer. Produto já está no mercado!

Resultado de imagem para produto exclusivo

Os políticos nem sempre conseguem escapar de flagras indiscretos, principalmente quando em campanha, em contato direto com o povo. Aparecer diante das câmeras como pessoas normais também pode render, contudo, a simpatia de alguns eleitores e, desde que as redes sociais se popularizaram, os próprios políticos passaram a publicar fotos de seu cotidiano. O político-produto funciona como um “outdoor”, como um  painel publicitário. Para que possa se vender mais fácil é necessário travestir suas propostas, posturas, fisiologia, vestuário, vocabulário, oratória a fim de conseguir o maior número possível de eleitores, é indispensável que o político seja ou transforme-se, pessoalmente, em uma pessoa opaca, um vazio, algo como um espaço em branco com a inscrição “espaço publicitário”.

Essa semana mal começou, e coisas do  festival “Happy Funny” tem sido protagonizado por alguns políticos no Brasil  e nesse Pernambuco de meu Deus.

 

Quer convidar um politico para colocar colar reluzente no seu jegue? O Produto já está no mercado!

O deputado Odacy Amorim e o prefeito de Afranio ,Rafael Cavalcanti, sorridentes ao colocar colares luminosos em jumentos .

 

 

 

 

Quer convidar um politico para participar do casamento do seu melhor amigo, só que o lugar é distante? O Produto já está no mercado!

Orlando Tolentino,pré-candidato a deputado estadual,  feliz por ter sido convidado pelo vereador Gilberto Melo para um casamento distante.

 

 

 

Quer convidar um politico para ajudar a conduzir o amigo cadeirante dentro d” água? O Produto já está no mercado!

O ex- governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), chamou a atenção  ao ajudar a conduzir o cadeirante Edemar Pitol, de 23 anos, ao mar em uma cadeira especial. Tarso usava apenas uma sunga ao oferecer o auxílio.

 

 

 

 

Quer convidar um politico para mergulhar e consertar a bomba d’água? O Produto já está no mercado! O ex- governador do Ceará, Cid Gomes, mergulhou em um dos tanques de uma adutora da cidade de Itapipoca (CE) para tentar consertar um problema de abastecimento de água que atingia o município.  Moradores  assistiram e registraram o mergulho com câmeras de celulares.

 

 

 

 

Quer convidar um politico para ajudar a perder sapato ao chutar bola? O Produto já está no mercado!

O pré -candidato José Serra, perdeu o sapato ao chutar uma bola durante visita ao clube-escola Délio de Carvalho de Ermelino Matarazzo, na zona leste de São Paulo .

 

 

 

 

Quer convidar um politico para andar a cavalo dizendo que é cowboy?  O Produto já está no mercado!

Em uma imagem postada no Facebook, o senador do PSDB, Aécio Neves, aparece montado em um cavalo depois de participar de Festa do Peão.

 

 

*Todas as imagens são públicas e  de redes sociais

Por Cauby Fernandes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fernando Bezerra: “Há três anos, não quiseram que eu fizesse  parte do governo de Pernambuco”

Como as portas para a  disputa pelo Palácio do Campo das Princesas em 2018, estão abertas, chegou a hora de cada um  falar o que bem entende quando o assunto é puxar a sardinha para a sua brasa. E por falar em dizer o  que bem entende,  quem não perdeu a oportunidade de destilar seu conhecimento e perspicácia nesta segunda-feira (27), foi  o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB). Em entrevista ao comunicador Geraldo Freire, da Rádio Jornal, de pronto, FBC, revelou que a corrosão com o governador Paulo Câmara (PSB) não começou  agora, mas desde o início da gestão do chefe do executivo pernambucano.

Fernando disse,  que há três anos, não quiseram que ele fizesse  parte do governo. O senador afirmou que teria indicado um nome para compor o governo  de Paulo, mas  que o governador não deu ouvidos . Em ato  de revide , o senador não participou da solenidade de posse do secretariado de Paulo Câmara.

No entanto, em 2016,  a sua relação com o chefe do Executivo  deu uma melhorada , quando Paulo Câmara indicou  Miguel Coelho para disputar a Prefeitura de Petrolina, deixando para trás os nomes Lucas Ramos e Gonzaga Patriota. O  gesto  ao que parece, não foi o suficiente para sarar as feridas que estavam ainda entreabertas e que precisavam de uma dose maior de sal restaurador.

“O governo estadual tem um ritmo lento. Pernambuco é campeão absoluto em desemprego, investe menos que Ceará e Bahia, tem indicadores terríveis de violência e não consegue realizar as entregas que a população pede”, desabafou o senador.

Voltaremos ao início dizendo que como as portas para a  disputa pelo Palácio do Campo das Princesas em 2018, estão abertas, chegou a hora de cada um falar o que bem entende quando o assunto é puxar a sardinha para a sua brasa.  E haja brasas para tantas sardinhas.

Por Cauby Fernandes

 

 

Conta de luz segue com bandeira vermelha em dezembro, mas patamar menor

Conta de luz segue com bandeira vermelha em dezembro, mas patamar menor

Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) divulgou nesta segunda (27) que a bandeira tarifária para o mês de dezembro será vermelha, mas no patamar 1, com custo um pouco menor, de R$ 3 a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos. As informações são da Agência Brasil.

Desde outubro, vigorava o patamar 2 na cobrança nas contas de luz, tarifa mais cara prevista na distribuição das bandeira e que implica a cobrança de taxa extra nas contas de luz de R$ 5 a cada 100 kWh consumidos, após reajuste anunciado em novembro. Em setembro, vigorou na cobrança das contas de luz a bandeira amarela, que aplicou uma taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh.

De acordo com a agência, houve uma ligeira melhora na situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas. A Aneel disse ainda que, embora não haja risco de desabastecimento, é preciso reforçar as medidas para evitar o desperdício de energia.

Na semana passada, o CMSE (Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico) apontou uma “pequena melhoria” nas condições de atendimento ao Sistema Interligado Nacional, em razão das chuvas registradas no mês de novembro.

De acordo com o comitê, o cenário é de acompanhamento da evolução “considerando as chuvas previstas nos próximos dias em grande parte do país.” Para o período de 15 a 30 dias, a previsão é de chuvas relativamente próximas à média histórica no Sudeste, Centro-Oeste e no centro-norte da região Sul.

BANDEIRAS TARIFÁRIAS

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração.

A bandeira vermelha é acionada quando é preciso ligar usinas termelétricas mais caras, por causa da falta de chuvas. Segundo a Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o uso consciente. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração de eletricidade.

Por Cauby Fernandes

Com informações da Folhapress.

Secretaria de Defesa Social de PE inaugura hoje em Petrolina Centro de Assistência Social para PMs

Resultado de imagem para Centro de Assistência Social (CAS) da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE)

Policiais militares de Petrolina, contarão a partir de hoje com  um Centro de Assistência Social (CAS) da Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). O novo centro será inaugurado nesta segunda 27.  O serviço tem como finalidade assistir ao policial militar e seus familiares, em todas as esferas, prestando serviços de assistência psicológica e jurídica, bem como em ações  civis, familiares e criminalistas.

A inauguração vai contar com a presença do secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua e do comandante geral da PMPE, coronel Vanildo Maranhão, entre outras autoridades civis e militares. A solenidade acontecerá às 15h,  no Parque Josepha Coelho.

De acordo com a coronel Valdenise Salvador, chefe do CAS, pela unidade de Petrolina serão atendidos mais de 8 mil policiais militares e seus familiares. “Esta unidade atenderá ao efetivo de Petrolina, Cabrobó, Santa Maria da Boa Vista, Ouricuri e adjacências“, complementa Valdenise. Além do Recife, o CAS possui uma unidade no município de Serra Talhada. Mas a coronel Valdenise adiantou ainda que no próximo ano está prevista a inauguração de uma sede  do CAS na cidade de Caruaru e uma outra na Mata Sul.

Por Cauby Fernandes

Cristovam Buarque pode concorrer ao Planalto em 2018 pelo PV

Arquivo Pessoal
O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) se reuniu nesse sábado (25/11) com o vice-presidente nacional do Partido Verde (PV), Eduardo Brandão. Durante café da manhã em uma padaria da Asa Norte, os dois políticos discutiram a possibilidade de Cristovam migrar para o PV, a fim de disputar as eleições presidenciais de 2018.

O ex-governador do DF já manifestou o desejo de voltar à disputa pelo Palácio do Planalto. Em 2006, ele se candidatou à Presidência mas acabou em quarto lugar, com 2,64% dos votos, atrás de Heloísa Helena (à época no PSOL), Geraldo Alckmin (PSDB) e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Recentemente, Cristovam chegou a anunciar que se licenciaria do Senado para percorrer o Brasil, mas acabou desistindo da ideia.
A decisão de convidar Cristovam veio da cúpula partidária do PV. Caso aceite a proposta, este seria o quarto partido do senador, que já foi filiado ao PT, PDT e ao PPS, onde está desde fevereiro do ano passado.
Além de uma eventual composição de chapa para disputar a Presidência, Cristovam e Brandão também conversaram sobre a corrida pelo Buriti. Os dois discutiram a viabilidade de uma aliança em prol de um projeto de centro-esquerda para o GDF. Em agosto, durante participação no programa CB.Poder, uma parceria da TV Brasília com o Correio, o senador já havia falado sobre a intenção de formar um pacto amplo e sem vinculações partidárias “para salvar Brasília”.

Confira a entrevista:

Por Cauby Fernandes

Zona Azul: se roubarem meu carro,como fica?

 

 

 

Por Cauby Fernandes

Petrolina precisa de uma Câmara mais feminina. Maria Elena poderá voltar à Casa Plínio Amorim

Resultado de imagem para camara de petrolina Rosa

 Em Petrolina, mais da metade dos eleitores são mulheres. No entanto, para a legislatura de 2017 a 2020, apenas duas foram eleitas pelo voto direto. Hoje,  elas  ocupam menos de 10% das vagas na Câmara de Vereadores. A representação feminina hoje na Casa Plínio Amorim é de apenas 01 vereadora contra 22 homens, uma participação constrangedora e tudo isso por que uma delas, está licenciada e ocupa uma cadeira na secretária municipal de Cultura e Esporte.

Mas ao que parece, a secretária Maria Elena (PSB), não está em nada satisfeita com a posição que ocupa. Não é segredo e todos sabem,  que Elena está incomodada na titulação da secretaria e a queixa  é  sem dúvidas, a falta de autonomia para executar suas ações.

Muitos dizem, que quem manda realmente naquela secretaria é outra pessoa e que Maria Elena estaria na posição de secretaria apenas para cumprir tabela e ceder espaço para Ibamar Fernandes , que ficou em primeira suplência e assumiu a vaga de Elena na Camara de vereadores a  pedido do prefeito Miguel Coelho. Enquanto isso, sobra para Cristina Costa (PT), carregar a bandeira feminina na Casa, sendo por muitas vezes perseguida pelos machistas que a querem ver longe daquele lugar. Falta mulher na Casa Plínio Amorim.

O Parlamento Petrolinense tem produzido uma enxurrada de abusos contra a mulher na politica. No inicio do ano, Cristina Costa ,foi alvo de palavras pejorativas advinda de dois vereadores,  que disseram que ali não era seu lugar. Ela se manteve firme. No entanto,  a firmeza  da vereadora poderia ter um aporte maior , se na Casa , ela tivesse o apoio de Maria Elena.  Se as expectativas da volta de Elena se confirmarem, a Câmara de vereadores de Petrolina tomará outro tom .Essas mulheres, formariam um dueto feminino,  que certamente causaria mais impacto no legislativo petrolinense. Vamos esperar.

Por Cauby Fernandes

 

 

Semana da Conciliação começa nesta segunda (27) com 9,6 mil processos inscritos

files/conteudo/imagem/2017/09/dcf91049d96fe74bd16a3a236f4f2d8b.jpg

A  12ª Semana Nacional da Conciliação tem início nesta segunda-feira (27). O  evento promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em parceria com o Judiciário de todo o Brasil. Em Pernambuco, cerca de 9,6 mil processos foram colocados em pauta pelo Tribunal de Justiça (TJPE) por meio da adesão de 400 magistrados, além da procura da população e de instituições públicas e privadas.

Com o tema “Conciliar: nós concordamos”, o esforço concentrado para a solução de conflitos de forma pacífica segue até 1º de dezembro. Além das mediações, atividades educativas serão realizadas com orientação jurídica, palestras, panfletagem e apresentações teatrais a respeito da pacificação social.

Para a Semana Nacional da Conciliação, os tribunais selecionam os processos que tenham possibilidade de acordo e intimam as partes envolvidas no conflito. Caso o cidadão ou a instituição tenha interesse em incluir o processo na Semana, deve procurar, com antecedência, o tribunal em que o caso tramita.

As conciliações pretendidas durante a Semana são chamadas de processuais, ou seja, quando o caso já está na Justiça. No entanto, há outra forma de conciliação: a pré-processual ou informal, que ocorre antes de o processo ser instaurado e o próprio interessado busca a solução do conflito com o auxílio de conciliadores.

Lembre-se: a Conciliação é uma solução permanente! Está disponível todos os dias no tribunal. A decisão de conciliar é sua!

Encontre aqui o Núcleo ou o Centro de Conciliação mais próximo de você:

Federal – não criminais: causas em que a União, uma de suas autarquias ou empresas públicas forem parte no processo. Criminais: crimes políticos; crimes praticados contra bens, serviços ou interesses da União, de uma de suas autarquias ou empresas públicas.

Trabalho – causas trabalhistas.

Estadual – as demais ações, excetuadas as de competência da Justiça Eleitoral e da Justiça Militar.

Em Petrolina, também acontece o mesmo , e os magistrados já estão preparados para receber os casos.

Por Cauby Fernandes