Arquivo - Outubro 2017

1
Congestionamento de fios nos postes em Petrolina já começam a tirar a beleza da cidade e põe em risco a população
2
“Em Petrolina é assim…Você é eleito Vereador mas lhe impedem de cumprir suas funções”
3
Fernando Bezerra enfrenta rejeição nacional e estadual
4
Igrejas e entidade sem fins lucrativos podem se beneficiar com Lei de doação de imóveis em Petrolina
5
Governo revê de R$ 969 para R$ 965 previsão para o salário mínimo de 2018
6
Investimento em segurança recua em 10 dos 17 estados com mais mortes violentas
7
Passar informações falsas em redes sociais pode dar cadeia. A polícia do Vale do São Francisco está atenta aos casos
8
Senado pode analisar nesta terça a regulamentação do Uber
9
Câmara de Petrolina homenageará os 500 anos da reforma protestante
10
Temer começa a tirar cargos de deputados ‘traidores’
11
Dos 23 vereadores de Petrolina, apenas um não chega atrasado em dia de sessão
12
3 de cada 5 brasileiras já foram vítimas de relacionamentos abusivos
13
Grupo que fraudou Enem 2016 planejava repetir ação, diz delegado
14
Truão: Vereador do PSB coloca ministro Fernando Filho em saia justa
15
Prefeitura não libera documentos de Habite-se e Alvará para construtores em Petrolina.
16
Dejavu: As vaias para Fernando Filho vão crescer ainda mais

Congestionamento de fios nos postes em Petrolina já começam a tirar a beleza da cidade e põe em risco a população

Petrolina Sertão de Pernambuco, uma cidade com alguns bairros bem planejados, muitos locais com visual lindo de ser ver. Ultimamente com a chegada da tão sonhada internet de fibra óptica já começa mudar o aspecto visual de alguns locais na cidade.
Já recebemos várias denúncias de nossos leitores sobre algumas empresas de internet que trabalham de forma atrapalhada. Quando estão passando a fiação acabam folgando as outras fiação existente no local, como fios de telefone, internet e até mesmo rede elétrica. Andando pela cidade em alguns bairros já pode se ver fios folgados, amarrados em poste e caixas de internet penduradas.
Com o emaranhado de fios que já toma conta dos postes da cidade,  aspecto horrível da ruas fica horível, sem contar ainda que pode trazer riscos pra quem embaixo desse emaranhado, caso algum fio da rede elétrica esteja quebrado.
  A Secretaria de Infraestrutura de Petrolina tem que  começar a fiscalizar essa situação, porque cada dia surge uma nova empresa de internet a cabo no município. Sabemos que a a situação é preocupante, já que algumas empresas não organizam a fiação. Até lá, se nada mudar, os passos que a gente vai continuar dando são esses: Andar em uma caminhada embolada, perigosa e um tanto quanto desagradável.
Caso a Secretaria de Infraestrutura queira se pronunciar sobre essa situação estamos a disposição para divulgar.
@língua
com o blog DivulgaPetrolina

“Em Petrolina é assim…Você é eleito Vereador mas lhe impedem de cumprir suas funções”

O vereador Gabriel Menezes, fez na sessão anterior, um requerimento verbal onde pede as contas de da imprensa de Petrolina. O Edil quer saber quanto foi gasto com televisão, Rádios e Blogs, e quais são os meio de comunicação , nome por nome. Ainda o vereador deseja saber , se há  algum blog ou Rádio beneficiado  a mais que outros na cidade.

Na sessão desta terça-feira, 31, o requerimento veio na pauta para ser votado, e para surpresa de muitos, o fator transparência, foi colocado para baixo do tapete. O  vereador,  ficou indignado pela reprovação do requerimento e disse que os assessores do prefeito fizeram manobras para que mais um dos seus pedidos fosse rejeitado.

“Em Petrolina é assim…Você é eleito Vereador mas lhe impedem de cumprir suas funções.Você tem o direito de saber e eu tenho a obrigação de fiscalizar. Observem a movimentação dos assessores do Prefeito Miguel Coelho, pressionando os vereadores da tropa de choque para votarem contra nosso requerimento! Mais uma vez disseram amém para a falta de transparência.Quem nada deve, nada teme!Se nos travam por aqui, o Ministério Público está bem aí”, desabafou o vereador nas redes sociais.

 

Em Petrolina é assim…Você é eleito Vereador mas lhe impedem de cumprir suas funções.Você tem o direito de saber e eu tenho a obrigação de fiscalizar.Observem a movimentação dos assessores do Prefeito Miguel Coelho, pressionando os vereadores da tropa de choque para votarem contra nosso requerimento!Mais uma vez disseram amém para a falta de transparência.Quem nada deve, nada teme!Se nos travam por aqui, o Ministério Público está bem aí…#NovoTempoVelhasPráticas

Posted by Gabriel Menezes on Tuesday, October 31, 2017

Por Cauby Fernandes

@língua

Vídeo da página pessoal do vereador no Facebook

Fernando Bezerra enfrenta rejeição nacional e estadual

Resultado de imagem para montanha sendo escaladaCom duas montanhas de problemas para escalar, Fernando Bezerra, tenta como equilibrista, se manter de pé em corda bamba,  que insiste em derrubá-lo. Sendo visto como um dos braços fortes do governo Michel Temer em Pernambuco, o senador nunca esteve em uma situação tão difícil quanto  a que enfrenta nos dias atuais.

A começar , pela batalha que enfrenta dentro do PMDB, aonde é  rejeitado por boa parte dos que compõe a  sigla. Jarbas Vasconcelos, rival de primeira linha,  não abre mão do partido e segue tentando expurgar como um “carnegão” , o senador que foi acolhido pelo alto clero nacional. Como senador e aliado do governo, Fernando enfrenta junto com Michel Temer a rejeição da população a um governo que foi batizado de golpista por todo o Brasil.

Para começar a escalada da primeira montanha, Fernando , resolveu percorrer suas bases, e em sua maratona por conta  própria por  Pernambuco, o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) quer sempre demonstrar  que agora tem um discurso independente. Em sua peregrinação ,  o tom  usado para as  lideranças que encontrou , sempre foi pautado na crítica ao Palácio das Princesas, fazendo com que todos olhem para ele como “o novo”, que vai unir a todos com um projeto alinhando  as oposições no Estado. O  socialista por onde passa,  detalha suas insatisfações com o tratamento  que recebeu de Paulo Câmara e do PSB quando lá estava.

A segunda montanha, é maior e está em nível nacional. E aí , a batalha é judicial, foge dos preceitos políticos, foge das mãos fortes de Fernando Bezerra. Alvos de processos na Operação Lava-Jato,tanto Fernando Bezerra Coelho quanto seu filho e ministro, Fernando Filho, não escondem o sonho da candidatura  ao Governo do Estado. Bezerra por onde passa,  afirma que o País vai voltar a crescer e questiona, no entanto, se Pernambuco fez “o dever de casa, no sentido de relançar a economia”. “Isto é o que vamos debater ao longo dos próximos meses”, disse o senador.

Por Cauby Fernandes

@língua

 

Igrejas e entidade sem fins lucrativos podem se beneficiar com Lei de doação de imóveis em Petrolina

Os vereadores , Ruy Wanderley- PSC,  Osinaldo Souza-PTB, Elias Jardim- PHS, Alex de Jesus– PRB e Rodrigo Araújo- PSC, entraram com um pedido de revogação de Lei ,que tem como finalidade fazer uma consolidação de Leis municipais já existentes, que tratam especialmente sobre a doação de imóveis públicos,e são elas:  leis n°1.282/03, 1.794/06, 2.056/08 e 2.458/12. A medida visa facilitar a consulta e o entendimento sobre as leis em questão, que passam a fazer parte de um único documento.

Os vereadores entenderam, que muitos políticos em gestões passadas , usavam da Lei,  para doar terrenos e  prédios públicos públicos para entidades, com a intenção de angariarem o maior número de votos para as suas respectivas campanhas. Com a nova Lei, as doações não poderão serem feitas um ano antes do período eleitoral. Dificultando a barganha por parte de certos políticos.

Para empresas que tenham fins lucrativos, a doação pode ser feita se houver contrapartida por parte da empresa em questão. Em suma, se um terreno é avaliado em R$ 150,000,00,um percentual é cobrado em cima do valor para que haja o repasse do terreno. Para entidades sem fins lucrativos ,esse percentual fica inexistente.

Óbvio que a bancada evangélica da Casa Plínio Amorim, pensa em alargar as bases das igrejas protestantes em Petrolina que cresce assustadoramente. No município, os evangélicos, se unidos fossem, poderiam eleger um prefeito sem precisar de coligação.

Leia na íntegra a nova Lei

A CÂMARA MUNICIPAL DE PETROLINA aprova e o Senhor Prefeito sanciona a seguinte lei:

Art. 1º – O Poder Executivo, preferencialmente no que se refere a doações de seus bens imóveis, outorgará concessão de direito real de uso, mediante prévia autorização, sendo estabelecidas as seguintes normas:

I – dependerá de autorização Legislativa;

II – a doação se efetivará por escritura pública, com a cláusula de reversão do imóvel ao patrimônio público municipal, se a donatária deixar de cumprir qualquer das seguintes cláusulas.

a) Transferir a qualquer título o bem doado e mudar-lhe a destinação prescrita nesta lei;

b) Não iniciar a construção da obra no prazo de 24(vinte e quatro) meses, contados da vigência desta lei, ficará impossibilitado de receber doação pública por um período de 36 (trinta e seis) meses.

c) não cumprir o Código de Obras do Município.

III – será dada preferência a outro órgão ou entidade da administração pública, de qualquer esfera do Governo;

IV – entidades públicas ou privadas de caráter assistencial, sem fins lucrativos deverão preencher os requisitos dispostos nesta Lei;

Parágrafo Único – as pessoas físicas ou jurídicas de direito privado, só será concedida permissão, mediante contrapartida de bens ou serviços.

Art. 2º – Fica vedada a venda de imóveis públicos, provenientes de doações efetuadas por Lei, bem como qualquer tipo de transação, sem anuência do Poder Legislativo.

Art. 3° – Será permitida a doação de bens imóveis construídos, ou não, e destinados ou efetivamente utilizados no âmbito de programas habitacionais de interesse social.

§ 1º – A permissão de que trata o caput do artigo será precedida de autorização Legislativa.

§ 2º – É vedada a concessão de imóvel público, a pessoa física que já possua outro imóvel.

Art. 4º – Serão efetivadas doações de imóveis públicos a entidades públicas ou privadas de caráter assistencial, e sem fins lucrativos, devidamente legalizadas desde que preencham os seguintes requisitos:

I – possua personalidade jurídica;

II – apresente cópia do estatuto social registrado em cartório;

III – comprove está funcionando regularmente há pelo menos 3 (três) anos;

IV – que desenvolvam atividades relacionadas ao combate de drogas, exploração sexual, prostituição infantil e defesa dos direitos da criança e do adolescente, ou que atuem como colaboradores do Programa do Governo “Nova Semente”.

V – a instituição religiosa e/ou filantrópica e as entidades sem fins lucrativos devem estar com regularidade de funcionamento, inclusive fiscal.

VI – que apresente ata da última eleição e posse da atual diretoria, devidamente autenticada.

Art. 5º – É vedada a doação de imóvel público sobre qualquer hipótese, 1 (um) ano antes em que se realizem a eleição municipal, com exceção aquelas destinada a programas habitacionais de interesse social e projetos sociais.

Art. 6º – Quando do encaminhamento pelo Poder Executivo, de Projetos de Lei propondo doações de imóveis públicos, deverá vir acompanhado deste, quando necessário, a documentação exigida, constante nesta Lei.

Art. 7º – Terão direito a alienação, sem ônus, de bens imóveis públicos, as entidades que tenham sido declaradas de utilidade pública pela Câmara Municipal de Petrolina.

Art. 8º – Quando da tramitação de projeto de lei, propondo a doação de imóvel público a Comissão de Obras e Serviços Públicos da Câmara Municipal deverá obrigatoriamente, visitar a comunidade no local da doação para certificar-se de que não há nenhum problema referente ao assunto.

Parágrafo Único – Após a visita e discutido com a comunidade local, a Comissão deverá fazer constar no parecer ao projeto de lei, qual a posição dos moradores com respeito ao assunto.

Art. 9º – Revogam-se as disposições em contrário, em especial as contidas nas Leis nº. 1.282/03 de 10/07/03, 1.794/06 de 17/01/06, 2.056/08, de 25/03/08 e a lei nº. 2.485, de 24/05/12.

Por Cauby Fernandes

@língua

Governo revê de R$ 969 para R$ 965 previsão para o salário mínimo de 2018

Resultado de imagem para salario minimo recua

 

O Ministério do Planejamento informou nesta segunda-feira (30) que o governo baixou novamente a previsão para o salário mínimo de 2018, passando de R$ 969 para R$ 965.

A estimativa consta da mensagem modificativa da proposta de orçamento de 2018, que ainda será enviada ao Congresso Nacional. Nesta mensagem, o governo informará ter elevado a previsão de gastos em R$ 44,5 bilhões.

A estimativa para o salário mínimo do proximo ano já havia sido reduzida em agosto, de R$ 979 para R$ 969. Atualmente, o salário mínimo está em R$ 937.

Cerca de 45 milhões de pessoas no Brasil recebem salário mínimo, entre aposentados e pensionistas, cujos benefícios são, ao menos em parte, pagos pelo governo federal.

Com o salário mínimo menor, portanto, o governo economizará nas despesas com o pagamento desses benefícios. A expectativa do Ministério do Planejamento é de economizar R$ 1,2 bilhão com a revisão do salário mínimo para baixo.

Investimento em segurança recua em 10 dos 17 estados com mais mortes violentas

 Resultado de imagem para policias sucateadas

O investimento per capita em segurança pública caiu em 10 dos 17 estados onde o número de mortes violentas intencionais cresceu entre 2015 e 2016, segundo dados do 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, produzido pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e divulgado nesta segunda-feira.

No Amapá, por exemplo, as mortes violentas dispararam 52,1%, ao mesmo tempo em que a despesa per capita com a “função segurança pública” do governo daquele estado despencou de R$ 660,35 para R$ 529,21. No Rio de Janeiro, o número de mortes subiu 24,3%, enquanto o gasto recuou de R$ 570,99 para R$ 550,60 por habitante.

Para o diretor presidente do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Renato Sérgio de Lima, além da crise econômica, a destinação não obrigatória de recursos, determinada em lei, contribui para que governos estaduais não priorizem investimentos no setor.

— A crise econômica, de fato, se colocou e segurança pública é uma área que não tem destinação de verbas vinculadas. Então, é onde dá para cortar. Você tem na saúde e na educação percentuais mínimos de investimento e na segurança, não. Com o crescimento de déficit público e endividamento, é de onde vai sair o (corte do) dinheiro — afirmou.

Outros estados onde o número de mortes violentas intencionais subiu ao mesmo tempo que os investimentos caíram foram Alagoas, Pará, Pernambuco, Santa Catarina, Acre, Rio Grande do Sul, Sergipe e Rondônia.

Mas, apenas investimento não garante a redução de números preocupantes da violência. Em sete estados (Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Bahia) a quantidade de mortes violentas intencionais subiu, apesar de o investimento também ter sido turbinado pelos governos locais. Na Bahia, o estado investia R$ 265,89 per capita em 2015 e passou a destinar R$ 271,42 no ano passado, mas ainda assim, o índice de mortes cresceu 12,8%.

Em três estados (Paraíba, Mato Grosso e Roraima) os investimentos subiram e os índices foram reduzidos. Em outros sete estados (Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, São Paulo e Distrito Federal) o número de mortes violentas intencionais caiu e o investimento também. Em São Paulo, por exemplo, o gasto per capita caiu de R$ 275,85 para R$ 245,69, de 2015 para para 2016.

@língua

Passar informações falsas em redes sociais pode dar cadeia. A polícia do Vale do São Francisco está atenta aos casos

Resultado de imagem para informações falsas em rede social“Tarado do perfume usa fragrância para apagar as vítimas” “Ambulante vende água batizada para roubar carros”. ” homem preso em Lagoa Grande pode ser assassino da menina Beatriz”. Se você é usuário de qualquer rede social, em especial o WhatsApp, muito provavelmente já recebeu mensagens sobre estes e outros casos  que têm corrido através da  internet. Além do tom alarmista, todas têm uma característica em comum: São mentiras que somente disseminam pânico.

Ainda que cercado de boas intenções, o gesto de compartilhar boatos web afora pode ter desdobramentos trágicos. Quando a menina Beatriz, foi assassinada em Petrolina, dentro de um colégio particular, a foto de um suposto assassino quase virou desgraça pondo em risco a vida de um jovem que tinha traços parecidos com os da foto espalhada pelas redes sociais.Reconhecido  na rua, o jovem quase  acabou agredido por  furiosos, no entanto, o jovem era inocente.

Esses boatos, via de regra, são histórias que já circulam há muito tempo, sofrendo apenas pequenas alterações. O relato do ambulante que  vende água batizada para roubar carros, por exemplo, já passou por várias cidades, como Recife, Garanhuns, Caruaru e Petrolina. É preciso usar muita cautela  e buscar  combater a propagação dessas farsas.

Especialistas garantem que  um dos principais desafios do trabalho da policia é descobrir a origem de cada história falsa. Muitas vezes, diante da infinidade de compartilhamentos, fica impossível detectar quem foi o primeiro a postá-la. Em geral, contudo, é após a divulgação por um perfil ou página mais acessado que a mentira ganha maiores proporções.

Foi o que ocorreu nesta segunda -feira, 30 de outubro,  no Vale do São Francisco. Um post no whatsapp passou adiante  uma foto de um suposto assassino de um jovem morto em Lagoa Grande no último fim de semana.Para piorar a a situação,  a mensagem dizia que o “assassino” também tinha matado a pequena Beatriz, caso ocorrido em 2015. Mesmo  sendo falsa a alegação, a postagem fez estragos. Casos como esses, podem ocasionar  desfechos trágicos, e o simples ato de compartilhar pode virar caso de polícia.

Propalar mentiras traz responsabilidades, inclusive no âmbito civil. Pode-se, dependendo do caso, responder por injúria , difamação ou calúnia — explica o advogado Carlos Cintra, especialista em crimes cometidos via internet.

Como identificar

Os boatos infundados têm sempre tom alarmista, repleto de termos como “cuidado”, “alerta”, “atenção”… Em muitos casos, as palavras-chave vêm em caixa alta (maiúsculas), logo no início da mensagem.

Outra característica comum é a falta de referência temporal clara. Usa-se “esta semana”, “amanhã”, “na sexta-feira” e afins, mas nunca dia, mês e ano específicos. “Compartilhar a mentira não faz bem para seus amigos, e se precaver torna a internet um lugar melhor”, alerta o advogado.

A imprecisão repete-se nos quesitos local do fato e envolvidos. Na maior parte das vezes, surgem apenas dados genéricos, sem especificar, por exemplo, um nome de rua ou de pessoas ligadas à situação em questão.

Também é frequente que os textos contenham erros de português. Reparou em concordâncias mal feitas ou grafias incorretas? Desconfie.

Por fim, a característica mais marcante: a falta de fontes confiáveis, ou de links que sustentem uma fonte citada equivocadamente. “Checagem é algo básico, e uma busca rápida já ajuda a matar a charada”, ensina o advogado.

 

Por Cauby Fernandes

@língua

Senado pode analisar nesta terça a regulamentação do Uber

Resultado de imagem para uber

senado tentará votar nesta terça-feira (31) o projeto de lei de autoria do deputado Carlos Zarattini (PT-SP), aprovado na Câmara no abril e que propõe a regulamentação de aplicativos de serviços de transporte individual pagos, como Uber e Cabify.

A proposta, tratada com urgência no senado, contém uma série de exigências e é defendido pela classe de taxistas que consideram a concorrência desleal. Alguns pontos são considerados polêmicos, por exigirem itens semelhantes aos dos táxis, como o uso de placas vermelhas e o porte de autorização específica emitida pela prefeitura local para prestar o serviço.

As empresas responsáveis pelos aplicativos, porém, afirmam que a proposta “inviabiliza o trabalho”. Para as empresas, o texto representa uma “proibição velada” a serviços como Uber e Cabify, já que as autorizações estão nas mãos das prefeituras. Para a as empresas desses aplicativos, outro problema é que “em cidades como São Paulo, por exemplo, a restrição de apenas circular onde o carro foi emplacado inviabilia o trabalho”, declarou o diretor de comunicação do Uber, Fábio Sabba.

Outra alternativa

Além da primeira proposta que poderá ser analisado nesta terça, existe outro texto, do senador Pedro Chaves (PSC-MS), que rejeita o projeto de Zarattini e dá um ar mais brando à proposta. Nele, é retirado a obrigatoriedade de autorização de prefeituras e a necessidade de placas vermelhas – os pontos considerados mais polêmicos na proposta do deputado Carlos Zarattini.

@língua

Com Blog do Camarotti

Câmara de Petrolina homenageará os 500 anos da reforma protestante

Resultado de imagem para 500 anos da reforma protestante data

A Câmara de vereadores de Petrolina,   realizará nesta terça-feira (30/10),uma  homenagem aos 500 anos da Reforma Luterana. A homenagem proposta pelo vereador Ruy Wanderley,  do Partido Social Cristão (PSC) ,ocorrerá as 10 horas da manhã,  dentro realização da sessão ordinária.

“A Reforma Luterana determinou passado e futuro do cristianismo e, nesta terça-feira,  31, estará inscrito na história de Petrolina de forma definitiva. Que Deus nos dê inspiração, ânimo e força para continuarmos juntos no serviço, trabalhando pela justiça e repelindo todas as formas de violência”, disse Ruy Wanderley.

O vereador,  convidou para palestrar sobre a importância da reforma protestante , o pastor  da Igreja Verbo da vida , Edilson Lira Vasconcelos, que ministrará sobre o aniversário dos 500 anos, e falará sobre  Martin Lutero, padre alemão, que  foi seguido por diversos outros homens, que deram as suas vidas em favor de algo no qual acreditavam. Eles foram protagonistas de uma transformação política, moral, econômica, literária e que tem uma repercussão significativa na história.

Fazer política é cuidar de quem sofre e impedir que se pratique o mal, falou o pastor da Igreja Evangélica do Nazareno em Petrolina, Olímpio Tupiná. “Martin Lutero nos ensinou a resgatarmos nossa liberdade. Há 500 anos, a Igreja difundia Deus como severo e Jesus tinha uma imagem de um ser bravo, mas Lutero compreendeu que o sacrifício de Cristo trouxe a cada um o presente e a graça de Deus: sua misericórdia e seu perdão”, relatou. Olímpio ressaltou ainda a dimensão do legado da Reforma para a sociedade. “A educação e a importância da escola. Isso deve se refletir em nosso cotidiano. Para cada um real investido em armas, R$ 100 deveriam ser investidos em educação”, concluiu.

Por Cauby Fernandes

@língua

Temer começa a tirar cargos de deputados ‘traidores’

Temer começa a tirar cargos de deputados 'traidores'

presidente Michel Temer deu início às punições dos deputados que votaram contra ele na segunda denúncia. O governo exonerou nesta segunda-feira, 30, o diretor de Gestão Interna da Embratur, Tufi Michreff Neto, apadrinhado do deputado Mauro Mariani (PMDB-SC). A portaria foi publicada no Diário Oficial da União.

No Palácio do Planalto, oito deputados foram considerados “traidores” na votação da semana passada. Essa lista é formada por parlamentares que apoiaram Temer na primeira denúncia, mas viraram a casaca e votaram pelo prosseguimento da segunda denúncia desta vez.

As exonerações, num primeiro momento, devem se concentrar nos apadrinhados desses deputados, e alcançar seis cargos no segundo e terceiro escalões do governo.

Nos próximos dias, Temer também deve exonerar os afilhados políticos do deputado Jaime Martins (PSD-MG) no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Além de Jaime e Mariani, integram a lista de “traidores” do Planalto os deputados Abel Mesquita (DEM-RR), Cícero Almeira (PODE-AL), Delegado Éder Mauro (PSD-PA), Heuler Cruvinel (PSD-GO), João Paulo Kleinübing (PSD-SC) e João Campos (PRB-GO).

Na semana passada, a Câmara rejeitou por 251 votos a 233 a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência). Os três eram acusados de fazer parte de uma organização criminosa que desviava recursos públicos. O presidente também foi acusado de obstrução de Justiça.

@língua

Com informações do Estadão Conteúdo.

Dos 23 vereadores de Petrolina, apenas um não chega atrasado em dia de sessão

 

Resultado de imagem para PontualidadeDurante os  dois últimos meses, em 16 sessões realizadas na Casa Plínio Amorim, um número impressiona. Dos 23 vereadores, apenas um, nunca se atrasou em dia de sessão ordinária.Por várias vezes, esse blog,  acompanhou o presidente da Casa Plínio Amorim, quase encerrar várias reuniões por falta de quórum.

Mesmo só tendo duas sessões por semana, os vereadores insistem em chegar atrasados aos trabalhos do legislativo em Petrolina. No município,  as sessões começam às 9  horas, podendo começar com atraso de cinco minutos. As vezes os vereadores ficam batendo papo nos gabinetes e se esquecem que a sessão começa sempre no horário previsto. Parece até que eles querem que o quórum não seja alcançado, por que eles já trabalham demais, e é massante ter que estar nas sessões ordinárias. Eles privilegiam a “Ordem do Dia”, quando os projetos são votados e as ausências são computadas como faltas. Os faltosos correm o risco de terem descontos nos salários. Será?

A Câmara de Petrolina informou, que se o parlamentar faltar sem justificativa terá o ponto cortado. Sobre os atrasos, a Casa Plínio Amorim adiantou que o vereador só recebe falta no final da sessão. A Câmara só realiza sessão duas vezes na semana. Os vereadores são obrigados a comparecem ao plenário apenas nas  terças e quintas-feiras. Nos demais dias estão livres para visitarem as comunidades.

Mas se você está ansioso para  saber quem é essa alma que nunca se atrasa, nós te diremos. No quesito compromisso e pontualidade ele é imbatível. Ronaldo Souza, ou Cancão como queira. O vereador dá exemplo de pontualidade, e nos dias de sessão ordinária,  é sempre o primeiro chegar. E ele não chega manso não, chega revoltado! Por que diz que muitos não tem o mesmo compromisso que ele.

“Foi o povo que me escolheu. Chegar no horário e ser pontual é o mínimo que todos nós vereadores deveríamos fazer”, disse o pontual Ronaldo Souza.

Como diria o saudoso Dominguinhos: “Olha, que isso aqui tá muito bom, Isso aqui tá bom demais.Olha, quem tá fora quer entrar, Mas quem tá dentro não sai”

Pois é! E assim anda a Casa Plínio Amorim

 

Por Cauby Fernandes

@língua

 

3 de cada 5 brasileiras já foram vítimas de relacionamentos abusivos

3 de cada 5 brasileiras já foram vítimas de relacionamentos abusivos

Um estudo realizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) revela que três de cada cinco mulheres brasileiras já sofreram ou ainda vão sofrer abuso sexual dentro de casa com relacionamentos abusivos.

Como cita o “Fantástico”, muitas mulheres não denunciam por conta do medo da violência piorar e também por vergonha de expôr a realidade.

O Ministério Público criou uma cartilha para que as vítimas consigam identificar se estão em um relacionamento abusivo, identificando comportamentos controladores, abuso verbal e sexual, ciúme excessivo, que é muitas vezes romantizado, entre outras características.

A alta incidência fez com que campanhas como da ONG Artemis fossem criadas. A organização expõem frases agressivas que já ouviram dos parceiros e que acabam sendo banalizadas.

@língua

Grupo que fraudou Enem 2016 planejava repetir ação, diz delegado

Grupo que fraudou Enem 2016 planejava repetir ação, diz delegado

Polícia Civil realizou nesta segunda-feira (30) uma operação que tinha como alvo um grupo de suspeitos de burlar concursos em todo o país, incluindo o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016. De acordo com a investigação, os criminosos planejavam repetir a ação nas provas deste ano, que estão agendadas para os próximos domingos (5) e 12 de novembro.

“Comprovamos que o Enem 2016 foi fraudado. Em todos os concursos eles tentam atuar de uma forma ou de outra. Em alguns casos têm êxito, em outros não. Antecipamos a operação para esta semana visto que estavam planejando, via ponto eletrônico, fraudar o Enem 2017”, contou o delegado Rômulo Figueiredo à “TV Anhanguera”.

A assessoria de imprensa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo Enem, informou em nota que o órgão “não foi notificado e está buscando acesso ao inquérito para poder se manifestar”.

Como explica o “G1”, a Operação Portas Fechadas, da Polícia Civil de Goiás, é realizada paralelamente com a Operação Panoptes, da Polícia Civil do Distrito Federal. No total, as ações cumprem 15 mandados em Brasília e 18 em Goiânia contra suspeitos de liderar a “Máfia dos Concursos”.

@língua

Truão: Vereador do PSB coloca ministro Fernando Filho em saia justa

Sempre chegando atrasado para as sessões ordinárias na Câmara de vereadores, Zenildo do Alto do Cocar (PSB), é um caso à parte na Casa Plínio Amorim.  O vereador é um talento nas urnas. Nas últimas eleições  de 2016 , ele foi eleito com 3,476 votos  , um número para se respeitar.  Na Câmara de vereadores por chegar atrasado e nunca estar à par dos assuntos, Zenildo,  sai perguntando a um e a outro qual é o teor do assunto. E depois, de estar sabendo do que se trata, ele faz suas explanações,  que quase sempre destoam da pauta. Zenildo se desconstrói quando começa a  falar, é um caso perdido.

O vereador, é um daqueles edis que nasceram com uma virtude:  Ser um truão. “Funcionário” da monarquia encarregado de entreter o rei e rainha e fazê-los rirem.

Resultado de imagem para truãoA última pintura do truão Zenildo , aconteceu em Rajada, que ao falar, recebeu nos ouvidos as vaias da população. Essa fato aconteceu durante a cerimônia do sábado (29) em Rajada, quando o vereador ,foi chamado ao microfone.Ele ia bem no discurso, mas de repente, de um minuto a outro, mudou o tom e disse: “Quero também parabenizar o deputado federal Fernando Filho, por ter votado SIM a favor do ‘nosso presidente Temer’ pela derrubada da denúncia”,que loucura! Bastou isso para azedar o evento. A partir dessas  declarações ,o vereador foi vaiado pela multidão, e Zenildo como um bobo da corte, não sabia o que fazer, por que a piada foi de mal gosto.

Como em efeito dominó,as vaias se estenderam para as grandes lideranças, e aí, os Fernandos (pai e filho), Miguel Coelho e o restante da comitiva só tinham uma saída, se desdobrar nos seus discursos ou sair daquele lugar, enfrentaram e discursaram. No entanto, ficou o desgaste  e as vaias ainda se prolongaram na volta para Petrolina. Agora,  Zenildo teme não ser mais convidado para os  eventos com o senador e o ministro. No entantose for convidado, vai ficar calado.

Por Cauby Fernandes

@língua

 

Prefeitura não libera documentos de Habite-se e Alvará para construtores em Petrolina.

Resultado de imagem para Habite-se e Alvará

Pequenos, médios e grandes  construtores de Petrolina,  reclamam que os documentos de Habite-se e Alvarás,   não estão sendo liberados desde de janeiro de 2016, pela prefeitura do município.  Os documentos são fundamentais para inicio das obras. Eles ainda contam,  que a prefeitura, continua a multar empreiteiros  prometendo dobrar o valor  em casos de desobediência ao construtor que não parar a obra.

Em entrevista com construtores, alguns se abstiveram  de expor sua fala, e pediram ressalvas quanto às imagens.

“Tem empreiteiro desde dezembro esperando liberação de Alvará e enquanto isso faz o que com pedreiro? Tem que tocar a obra. A entrega dos alvarás não acontece desde janeiro”, afirmou a pequena construtora e corretora Miriam Campos.

“Tem construtor com seis casas no valor de R$ 120  mil que não consegue vender porque não tem o Habite-se, por exemplo. Eu construo uma casa e vendo para construir outra e a falta da documentação está emperrando os negócios”, explicou Marcio Oliveira, corretor.

O fato também afeta a arrecadação do próprio município, que pela falta do fechamento de negócios na habitação, deixa de arrecadar impostos como o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS).

” No governo passado o atraso também acontecia, mas agora se agravou devido às multas,  e só prefeito (Miguel Coelho -PSB) pode resolver. Tem casos de amigos nossos que conseguiram a liberação por que tem amigos dentro da secretaria de urbanismo, fora isso, nada se consegue”, disse  Sandro Carvalho,construtor.

Chegou a hora da prefeitura entrar em  entendimento com o setor.

Por Cauby Fernandes

@língua

 

Dejavu: As vaias para Fernando Filho vão crescer ainda mais

Fernando Filho, ministro de Minas e Energia, que foi vaiado no Congresso estadual da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP) em Petrolina, vai ter que se acostumar com os insatisfeitos no estado,  que não querem a privatização da CHESF e consequentemente a venda das águas do Rio São Francisco.

As vaias dirigidas ao ministro, são o sinal evidente que ele será um candidato que terá que ser carregado, já que sozinho, pode e vai perder muita força. Tudo isso,  devido aos feitos que tem realizado no ministério.  As medidas impopulares fazem do ministro, um fardo a ser carregado pelo partido que o acolher.

O que aconteceu na sua cidade natal, em evento fechado para vereadores e funcionários do legislativo pernambucano, acendem o sinal vermelho para uma candidatura   que pode não dar certo e ser natimorta. Assim como aconteceu em 2012,  em eleição para prefeito de Petrolina, quando alguns disseram que Fernandinho não era o nome certo para aquela eleição.

Fernandinho foi candidato à prefeitura de Petrolina por imposição de seu pai, Fernando Bezerra,  que acompanhou relatórios de alguns dos seus assessores, nos quais diziam que Fernandinho seria eleito. No entanto, as urnas comprovaram o contrário.  O  candidato do PMDB à Prefeitura de Petrolina, Júlio Lóssio, foi reeleito com 45% dos votos válidos. Fernando Filho, candidato pelo PSB, conquistou 32% da preferência do eleitorado na cidade. Odacy Amorim, do PT, teve 20% dos votos, e Rosalvo da Silva, candidato pelo PSOL, 1%.

Aquela eleição de 2012, foi marcante para Fernando Filho. Por que mesmo com uma estrutura de campanha  invejável,  o povo o rejeitou . Naquele ano,  seu pai era ministro da Integração Nacional e homem forte da presidente Dilma Roussef, e ainda assim, a derrota foi consumada.

Dejavu, é  a palavra que passa nas mentes dos Pernambucanos, e sem dúvidas na cabeça do Ministro de Minas e Energia. As vaias para Fernando Filho vão crescer ainda mais.

Resultado de imagem para vaiAS

Por Cauby Fernandes

@língua