Arquivo - 28 de Setembro de 2017

1
Jornalista da Globo baleado em Caruaru é transferido para o Recife
2
A metralhadora de Gabriel Menezes está atirando para o lado errado, desabafa Ronaldo Cancão
3
Exportação de carne para EUA pode ser retomada em outubro
4
Campanha de Gabriel Menezes ecoa em Pernambuco
5
Enem 2017 : Segurança do exame será reforçada com detectores de ponto eletrônico
6
Petrolina adere ao INSS Digital.
7
STF mantém aval para aula de religião e crença em escola pública
8
Comércio nacional abre 73 mil vagas temporárias para o Natal
9
Prefeitura envia para Câmara projeto de Lei que aumenta valor do IPTU em Petrolina

Jornalista da Globo baleado em Caruaru é transferido para o Recife

Jornalista da Globo baleado em Caruaru é transferido para o Recife

jornalista Alexandre Farias, 39 anos, vítima de bala perdida durante uma troca de tiros em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi transferido, na manhã desta quinta-feira (28), para um hospital no Recife. O apresentador da TV Asa Branca, filial da Rede Globo, foi atingido na cabeça no Alto do Moura, no último dia 16.

Segundo informações do G1, ele seguiu de avião, equipado com Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Aeroporto Oscar Laranjeira, para a capital pernambucana. O tratamento dará continuidade no Hospital Esperança, na Ilha do Leite, área central da cidade.

@língua

A metralhadora de Gabriel Menezes está atirando para o lado errado, desabafa Ronaldo Cancão

Resultado de imagem para metralhadoraRonaldo Cancão , vereador de Petrolina, rebateu as críticas feitas pelo seu colega de legislatura Gabriel Menezes, que nos últimos dias levantou a bandeira de uma campanha intitulada “Não reeleja ninguém”. A campanha mexeu com o brio de diversos vereadores que estão indignados com as declarações de Menezes.Um dos que se sentiram atingidos foi o vereador Cancão, que disse que a metralhadora de Gabriel Menezes está atirando para o lado errado.  Acompanhe o desabafo.

Resultado de imagem para Ronaldo Cancão

“Eu avalio a luta de Gabriel com muita tristeza. Não pelo fato do tema ser reeleição, mas, pelo fato do vereador sair maculando o direito legítimo que temos em detrimento de sua bandeira. Eu quero dizer a Gabriel Menezes que ele não tem conhecimento das minhas lutas! Eu estou vereador por que o povo quis isso, e quero dizer também que não inventei a Lei, eu não fui constituinte de 1988.

Eu sou presidente de um clube profissional há 16 anos, não vivo de politica,passei dez anos fora dessa Casa, sempre vivi independente! Ele precisa respeitar o conjunto de obras que os vereadores tem desenvolvido nesse lugar. Eu estou vereador, o povo é que tem o crivo maior, o povo é quem avalia. Não sou viciado politico, não sobrevivo de salário de Câmara de Vereadores.

A metralhadora de Gabriel está atirando para o lado errado. Eu sou contra essa campanha, por que ela não traz frutos de paz. Eu respeito o sentimento do vereador. Mas volto a dizer que  o povo é quem paga meu salário, o povo foi quem me reconduziu. Ele não pode sair por aí colocando todos no mesmo bolo, é importante ele avaliar essa posição, e saber direcionar sua metralhadora” desabafou Ronaldo Souza, vereador de Petrolina.

Por Cauby Fernandes

@língua

Exportação de carne para EUA pode ser retomada em outubro

Exportação de carne para EUA pode ser retomada em outubro

Na última segunda-feira (25), os Estados Unidos liberaram a retomada das exportações de carne termoprocessada de cinco frigoríficos que haviam sido embargados devido a problemas como o rompimento de embalagens.

As três unidades do frigorífico Marfrig, localizadas em São Gabriel (RS), Promissão (SP) e Paranatinga (MS); uma da JBS, localizada em Campo Grande (MS); e uma da Minerva, em Palmeiras de Goiás (GO), principais exportadores para os EUA, tiveram as exportações suspensas para evitar eventual embargo total da exportação.

De acordo com o Ministério da Agricultura, os produtos processados termicamente representam a maior parte da exportação de carne brasileira para os norte-americanos. O Brasil possui 18 frigoríficos fornecedores da matéria prima.

“Ontem [segunda-feira] mesmo, recebemos a informação de que a carne processada está liberada. Esperamos que, muito em breve, a gente consiga também liberar a carne in natura”, disse o ministro da Agricultura Blairo Maggi, ontem à noite, em São Paulo, em evento do setor.

Segundo o Ministério da Agricultura, o fim do embargo de cortes in natura deverá ocorrer depois que os americanos avaliarem documento enviado pelas autoridades brasileiras, em resposta a questionamentos feitos pela missão veterinária que esteve no Brasil no primeiro semestre deste ano.

@ língua

Com informações da Agência Brasil.

Campanha de Gabriel Menezes ecoa em Pernambuco

Resultado de imagem para gabriel Menezes vereadorO vereador Gabriel Menezes (PSL) iniciou uma verdadeira guerra  pelo fim da reeleição e pela renovação do quadro de  políticos  nas câmaras e prefeituras a partir de 2018.  E isso repercutiu em todo o Pernambuco.Gabriel Menezes que é contundente em suas palavras , afirma que a iniciativa não tem o objetivo de atingir ninguém diretamente e faz parte do seu discurso desde a campanha que o elegeu vereador em 2016.

Gabriel Menezes que  foi eleito com 2.346 votos, foi questionado na última sessão ordinária da Cãmara de Petrolina  na terça-feira 26, se  estaria decepcionado com o mandato,  Ouviu gracejos, piadas e nada falou. “EU honrarei os  2.346 eleitores que me elegeram até 2020. Mas volto a repetir que não serei candidato à reeleição nas próximas eleições para  vereador.Estou tentando fazer a minha parte, quero honrar meu mandato até o dia 31 de dezembro de 2020, e as pessoas que me acompanharam desde a campanha sabem que eu já defendia isso”, declarou mais uma vez o vereador.

Gabriel se declara cético com o texto da reforma política que tramita na Câmara dos Deputados. O Edil  disse que a reforma não tem reforma  e que apenas os deputados  estão buscando uma maneira de se blindarem com a força dos  mandatos  políticos para mais na frente usarem essa força para não serem pegos pela justiça.  O vereador ainda acrescentou  que a política é um vício eterno  e que a disputa de quem está fora para quem está dentro é muito desleal.  A campanha porém desagrada muitos colegas na Casa Plinio Amorim, no entanto, Gabriel garante que a campanha não é direcionada às pessoas que tem seus mandatos, e que é apenas o seu modo de ver a politica brasileira.

Por Cauby Fernandes

@língua

 

 

Enem 2017 : Segurança do exame será reforçada com detectores de ponto eletrônico

Resultado de imagem para enem 2017O Ministério da Educação vai estrear dois recursos de segurança no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017. Um deles é a prova personalizada com nome e número de inscrição do participante.

O outro recurso são detectores de ponto eletrônico, novidade apresentada nesta quarta-feira, 27, durante o Encontro Nacional para Alinhamento Operacional do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, em São Paulo.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, destacou a importância da adoção de novos procedimentos de segurança. “Nosso objetivo é combater os pontos eletrônicos que, infelizmente, ainda são usados em exames de grande expressão como o Enem”, afirmou. O ministro reforçou, ainda, os ganhos com as mudanças adotadas no Enem após consulta pública.

“Se fizermos um paralelo, dificilmente encontraremos algo da magnitude e do significado do Enem. Estamos pensando no conforto dos participantes e isso representa um ganho extraordinário”, afirmou.

O encontro também marcou o início da expedição das provas do Enem. O Ministério da Educação, o Ministério da Defesa e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) assinaram a ordem de serviço. No total, 13,5 milhões de provas serão distribuídas para todos os estados brasileiros, além do Distrito Federal.

O transporte será feito pela ECT, com escolta das Polícias Militar e Rodoviária Federal. Após a autorização, o primeiro carregamento de provas saiu em direção aos pontos de armazenagem no interior do país.

A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, apresentou as características dos atendimentos específicos e especializados, e dos recursos de acessibilidade oferecidos. Além das mudanças da aplicação da prova em dois domingos consecutivos e da prova personalizada, uma das principais novidades do Enem 2017 é a Videoprova Traduzida em Libras, para participantes surdos ou com deficiência auditiva.

@língua

Petrolina adere ao INSS Digital.

Resultado de imagem para inss digital

Visando dar celeridade aos processos ligados à seguridade social, a prefeitura de Petrolina adere ao INSS Digital.  A administração municipal , assinou um termo de cooperação técnica ampliando os serviços disponíveis na Casa Bolsa em evento realizado na manhã desta quarta-feira (27).

Através da parceria com o INSS, a prefeitura implanta um novo modelo de atendimento na cidade reduzindo o tempo de espera das pessoas que desejam solicitar o Benefício de Prestação Continuada (BPC).  Para dar entrada no BPC, os cidadãos precisam ir até a Casa Bolsa ou CRAS, atualizar seu Cadastro Único (Cadúnico) e só depois solicitar o benefício junto ao INSS, mas em breve, essa dupla viagem será extinta já que o BPC poderá ser solicitado diretamente na Casa Bolsa.

O gerente executivo do INSS Petrolina, Thalys Eliel Gomes,  afirmou que a grande vantagem da parceria é a redução do tempo de espera. “Através desta parceria com a prefeitura, as pessoas terão menos deslocamento, menos trabalho, além disso, também vamos facilitar o acesso dos petrolinenses aos benefícios, poder reconhecer mais direitos e isso se remete de forma positiva para todo o município porque movimenta a economia local”, explicou o gerente.

A secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, informou que  os servidores da Casa Bolsa passarão por treinamento e a expectativa é que os serviços do INSS Digital estejam disponíveis à população em até 30 dias.

@língua

STF mantém aval para aula de religião e crença em escola pública

STF mantém aval para aula de religião e crença em escola pública

Por 6 votos a 5, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta-feira que os professores de escolas públicas podem pregar suas crenças na sala de aula.

Os ministros seguiram a posição de Alexandre de Moares. Para eles, o ensino pode ser “confessional” (com a vinculação de uma religião específica). Todos concordaram que o ensino religioso deve ser facultativo, não obrigatório.

A ação foi impetrada pela PGR (Procuradoria-Geral da República) para discutir dispositivos da Lei de Diretrizes e Bases da Educação sobre ensino religioso nas escolas públicas.

Para a Procuradoria, o ensino religioso em escolas públicas só pode ser de “natureza não-confessional”, ou seja, sem vinculação a uma religião específica, com proibição de admissão de professores na qualidade de representantes das confissões religiosas.

O artigo 210 da Constituição determina que “o ensino religioso, de matrícula facultativa, constituirá disciplina dos horários normais das escolas públicas de ensino fundamental”.

O relator, Luís Roberto Barroso, foi voto vencido. Para ele, a interpretação que deveria ser dada ao texto é que “o ensino religioso ministrado em escolas públicas deve ser de matrícula efetivamente facultativa e ter caráter não confessional, vedada a admissão de professores na qualidade de representantes das religiões para ministrá-lo”.

DIVERGÊNCIA

Primeiro a votar depois do relator, Alexandre de Moraes abriu a divergência.

Para ele, a Constituição é clara ao determinar que o ensino religioso é opcional, e a regulamentação do assunto deve ser feita pelo Ministério da Educação.

Moraes foi seguido por Edson Fachin, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.”O Estado (…) deverá atuar na regulamentação do cumprimento do preceito constitucional previsto no artigo 210, §1º, autorizando na rede pública, em igualdade de condições, o oferecimento de ensino confessional das diversas crenças, mediante requisitos formais e objetivos previamente fixados pelo Ministério da Educação”, disse Moraes.

O julgamento, que já havia começado, foi finalizado nesta quarta. O placar estava empatado e coube à presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, desempatar.

“O que tem sido feito nesse mundo em nome de Deus, quantas guerras em nome de Deus, até a paz em nome de Deus”, disse ela ao início de seu voto.

Ela defendeu a “pluralidade de crenças” e disse que essa premissa está contemplada na Constituição.”Pode-se ter conteúdo confessional em matérias não obrigatórias nas escolas”, afirmou.

Ela enfatizou que o ensino religioso em escola pública é facultativo, não obrigatório.”Não vejo contrariedade que pudesse me levar a considerar inconstitucional a norma atacada.”

Toffoli também destacou que o ensino é facultativo. Para Lewandowski, não há incompatibilidade entre democracia e religião. De acordo com Gilmar Mendes, desde 1934 as constituições brasileiras invocam Deus sem que isso viole o princípio da laicidade do Estado.

LIBERDADE RELIGIOSA

O relator Luís Roberto Barroso deu ênfase à a diversidade religiosa.

O voto dele foi seguido por Rosa Weber, Luiz Fux, Marco Aurélio e Celso de Mello.Ministro mais antigo da corte, Celso de Mello afirmou que a “a liberdade religiosa classifica-se como pressuposto essencial para a prática do regime democrático”.

Marco Aurélio defendeu que o ensino religioso nas escolas fique restrito às instituições particulares.”É tempo de atentar para o lugar da religião na sociedade brasileira. Esta, embora aspecto relevante da comunidade, digno de tutela na Constituição Federal, desenvolve-se no seio privado, no lar, na intimidade, nas escolas particulares. Nas públicas, espaço promovido pelo Estado para convívio democrático das diversas visões de mundo, deve prevalecer a ampla liberdade de pensamento, sem o direcionamento estatal a qualquer credo.”

Segundo Barroso, há cerca de 4 mil religiões distintas no mundo e, embora a crença tenha sido removida do centro dos sistemas sociais, a escolha é uma decisão importante para cada indivíduo.

Ele destacou que está cada vez mais difundido o “humanismo espiritualizado”, que não segue uma religião específica, cujo conteúdo essencial consiste em “não fazer aos outros o que não gostaria que lhe fizessem”.

De acordo com o ministro, o ensino público deve ter um “modelo não confessional como único capaz de assegurar o princípio da laicidade” do Estado brasileiro, com base em três pilares: separação formal entre Estado e igrejas; neutralidade estatal em matéria religiosa; e garantia da liberdade religiosa.

Para Fux, “a educação pública religiosa universalista ‘não-confessional’ é a única apta a promover gerações tolerantes que possam viver em harmonia com diferentes crenças numa sociedade plural, ética e religiosa”.

@língua

Com informações da Folhapress.

Comércio nacional abre 73 mil vagas temporárias para o Natal

Comércio nacional abre 73 mil vagas temporárias para o Natal

Mais de 73 mil pessoas serão contratadas pelo comércio brasileiro para as festas de fim de ano, com alta de 10% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram geradas 66,7 mil vagas temporárias de emprego. A estimativa foi divulgada nesta quarta-feira (27), no Rio de Janeiro, pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) .

Segundo o chefe da Divisão Econômica da CNC, Fabio Bentes, a previsão se baseia no histórico do ano, “no qual todas as datas comemorativas registraram alta depois de dois anos”. Bentes disse acreditar que tal cenário deve perdurar até dezembro. “É aumento das vendas mesmo”

O quadro de inflação baixa, juros em queda, retomada gradual do emprego e confiança das famílias contribui para que a CNC projete aumento de 4,3% para as vendas do comércio varejista brasileiro no Natal, equivalente à movimentação financeira de R$ 34,3 bilhões até dezembro. “Isso faz com que tenhamos no Natal, que é a data mais importante para o varejo, uma alta também depois de dois anos de queda nas vendas”, disse Bentes à Agência Brasil.

O economista afirmou que o emprego temporário é uma espécie de aposta que o varejista faz no Natal, porque não pode deixar para contratar em cima da hora. Por isso, a própria contratação do trabalhador temporário é uma percepção mais favorável para o Natal deste ano em relação ao Natal do ano passado, acrescentou.

Para este ano, a CNC trabalha com estimativa de alta de 2,2% nas vendas do comércio nacional. Bentes lembrou que o início do ano não foi bom e que, no primeiro trimestre, houve queda nas vendas. Nos últimos cinco meses, entretanto, as vendas no varejo aumentaram na comparação com igual período de 2016. “Já há uma recuperação, embora simbólica, no varejo. A gente não espera alta muito significativa daí para a frente, mas em segmentos importantes para o varejo, como vestuário, as vendas estão crescendo 10% na média dos últimos quatro meses, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)”, destacou o economista.

Segmentos

O vestuário é um dos setores que mais crescem com o Natal. As vendas aumentam mais de 80% em dezembro em comparação com o mês anterior. Segundo Bentes, vestuário é o mais democrático dos segmentos, porque engloba desde a lembrancinha adquirida no comércio popular até produtos de marca, mais caros. Se isso ocorre nas vendas, acaba replicando também no emprego, demandando mão de obra em dezembro.

Outro segmento que deve concentrar os maiores volumes de contratação é o de hiper e supermercados, que responde por 30% do varejo e foi afetado positivamente este ano pelo dólar baixo e pelos preços em queda dos alimentos. “O consumidor, dificilmente, este ano, vai se assustar com o preço de produto importado. E alimento tem ajudado a preservar um pouco o bolso, o que ajuda o segmento e o próprio varejo como um todo. Alimento é quase tarifa. Consegue-se adiar a compra do carro; mas ninguém deixa de comer”, disse Bentes.

De acordo com a CNC, além de serem os grandes empregadores do varejo, concentrando juntos por 42% da força de trabalho do setor, vestuário e hiper e supermercados costumam responder, em média, por 60% das vendas natalinas.

O dólar tem ajudado o comércio, caindo em média 10% em relação ao ano passado, disse Bentes. Isso permitiu ao varejo fazer estoque a preços mais competitivos, importar produtos típicos do mês (de dezembro) e colocar preços mais atraentes na prateleira. “O dólar não contaminou negativamente o Natal deste ano”.

Bentes disse que o pagamento do bônus do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ajudou o varejo no período de março a julho, mas ressaltou que o que tende a ajudar o setor daqui para frente é a reativação do emprego, inclusive pelo próprio comércio, com a contratação de temporários para o fim de ano.

Efetivação

O economista considera possível a efetivação de uma parcela significativa dos 73,1 mil postos temporários que serão criado para o fim de ano. Nos chamados “anos bons”, como 2010 e 2014, quando o varejo estava muito bem, mais de 30% dos temporários acabaram sendo contratados. Nos dois últimos anos, contudo, as vendas caíram, resultando em queda no total de 10% no Natal, o que fez com que a taxa de efetivação não chegasse a 15% das vagas temporárias.

Para este ano, a CNC espera taxa de contratação na casa de 27%, “porque a perspectiva para 2018, não só pelo lado do Produto Interno Bruto [PIB], mas do próprio emprego e das vendas do varejo, é mais favorável do que foi em 2017”. Por isso, a tendência é ter uma taxa de absorção dos temporários após o Natal deste ano mais alta do que no Natal dos dois últimos anos.

A CNC estima que o salário de admissão dos temporários fique em R$ 1.191, com elevação de 7,1%, em termos nominais, na comparação com os valores do mesmo período do ano passado. O maior salário de admissão deverá ocorrer no ramo de artigos farmacêuticos, perfumaria e cosméticos, estimado em R$ 1.446.

@língua

Com informações da Agência Brasil.

Prefeitura envia para Câmara projeto de Lei que aumenta valor do IPTU em Petrolina

A Prefeitura de Petrolina,  enviou para a Câmara de Vereadores um projeto de Lei que vai aumentar o valor do IPTU. A prefeitura alega que os valores do metro quadrado estão desatualizados e não acompanham com os gastos do município. Se a mudança for aprovada, moradores de alguns bairros podem pagar muito mais do que pagam hoje com o imposto. A atualização do IPTU vai alterar os valores de venda dos imóveis.

Segundo o governo Novo Tempo, pelo fato de estar muito defasado e pelas despesas do município hoje serem muito altas, a alternativa encontrada para equiparar a receita com a despesa,  foi o projeto que foi enviado para a Câmara de Vereadores. A prefeitura alega que o município tem se esforçado em cortar muitas despesas, só que algumas despesas são importantíssimas e indispensáveis para corte, Saúde, educação, não é simples cortar sem que comprometa a população. Desta forma, esse projeto é estritamente importante para a  cidade se equiparar com suas despesas.

O projeto ainda tramita nas comissões da Câmara e poderá ser votado ainda nessa quinta-feira,27. Como a prefeitura enviou a matéria com pedido de urgência para ser votado, já há alguns vereadores que são contra o projeto.

“Eu acho que a gente tinha que repensar. Existem  pessoas que vão ter dificuldades muito grandes para fazer o pagamento dessas novas taxas do IPTU. Todas as vezes sobra para as pessoas mais carentes. Infelizmente essa nova planta genérica de valores que foi encaminhada para a casa, a gente precisa ter um estudo mais aprofundado, não é ´so mandar e os vereadores aprovarem! Cautela é o nome para essa ocasião”, disse o vereador do PMDB e Líder de Oposição, Paulo Valgueiro.

Por Cauby Fernandes

@língua