Arquivo - 25 de Julho de 2016

1
A pretensão de Adalberto Cavalcanti
2
Duas convenções, duas realidades! Alegria e Timidez

A pretensão de Adalberto Cavalcanti


A Convenção Partidária do PTB,  foi decepcionante! Quando no último sábado
(23), foi anunciada a candidatura a prefeito de Petrolina.
Como era de se esperar  Adalberto Cavalcante, mas uma vez  soltou um dos seus impropérios destacando  em seu discurso que é o responsável pela união
da família Coelho. Segundo o falaciano Adalberto, os políticos da família se uniram
por perceber que o nome dele é o mais 
forte  na concorrente  eleições 2016.
O blogueiro Edenevaldo Alves  foi assertivo quando postou a frase  de Adalberto Cavalcanti  que disse:

Quanta pretensão!
Por Cauby Fernandes

Duas convenções, duas realidades! Alegria e Timidez

                                   E agora? como fica?

O final de semana ficou marcado com a largada para as eleições municipais
em Petrolina. No sábado (23)  aconteceu a convenção que oficializou a
união do PMDB, PSL, PPS e PHS para compor a coligação “Pra continuar
avançando”. O evento lançou, oficialmente, as candidaturas dos peemedebistas
Edinaldo Lima e Newton Matsumoto para concorrer aos cargos de prefeito e
vice-prefeito de Petrolina nas eleições de outubro.

Já no Centro Cultural Dom Bosco o Partido Trabalhista Brasileiro
(PTB) oficializou os nomes de Adalberto Cavalcanti e Anatélia Porto, como
candidatos aos cargos de prefeito e vice-prefeito.
Na convenção Peemedebista o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, foi o
anfitrião da festa que reuniu milhares de pessoas que lotaram o pátio de feiras
do Centro de Convenções. Com direito a homenagem ao falecido deputado Osvaldo
Coelho, o PMDB conseguiu fazer jus ao nome do partido e realizou grandioso
evento na cidade.
Do outro lado com o PTB, os números destoaram do barulho que Adalberto
vinha fazendo, quando nas últimas semanas dizia ser o melhor para Petrolina. O
partido não conseguiu sair da casa das centenas de pessoas e fez uma convenção
muito tímida decepcionando seus eleitores.
Agora vamos esperar as outras convenções e faremos um ajuste para ver
como vai se comportar cada partido em suas campanhas. As convenções constituem
o ponto de partida, pontapé inicial que demonstra a força de cada coligação.
Esperemos.
 Por Cauby Fernandes