Petrolina: Agentes de Trânsito vivem o mesmo drama que guarda municipal…Compram fardamento do próprio bolso

192

Em Petrolina, 90% dos integrantes dos Agentes da poderosa e riquíssima AMMPLA, vivem o mesmo dilema que hoje passam os guardas municipais. Falta apoio à categoria. Sem uniformes, precisam mandar confeccionar e pagar dos seus salários. A afirmação é de um Agente de Transito que preferiu não se identificar por medo de perseguição.Segundo ele, os Agentes se viram como podem, e contratam uma costureira para se manterem com fardamentos em bom estado.

“ Vivemos dias difíceis. Mas sabemos que AMMPLA tem dinheiro sobrando, mas sempre somos os últimos a serem contemplados com qualquer coisa. A frota é sempre renovada, combustível não falta, trabalho em longos períodos também não. Mas quando o assunto é o Agente, senta que lá vem estória. Somos esquecidos. Mas estar na rua e na vigilância, a cobrança vem com muita força”, desabafou o Agente.

E agora? Cadê os milhões e milhões em multas que mês a mês os petrolinenses pagam? Onde é investido? Com a palavra o Superintendente.

2 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia a todos! Sou Agente de Trânsito da Ammpla (Agt MARTINS) e posso afirmar que essas informações são levianas e descabidas. Estou há 6 anos na Ammpla, nunca tive que comprar uniforme e posso afirmar que nenhum outro agente jamais teve que desembolsar qualquer valor para a compra do próprio fardamenton, ainda desafio quem disser que o fez a provar o alegado. A Ammpla, assim como qualquer órgão público do país, tem que se submeter a barreiras burocráticas para aquisição de bens(licitações, que por vezes são processos demorados). É verdade que há certa morosidade na aquisição do fardamento 2018, mas isso já está sendo corrigido pela gestão do novo Diretor Presidente da AMMPLA, o vereador EDILSÃO DO TRÂNSITO, que é agente de trânsito de carreira e assumiu a direção do órgão com o compromisso e a missão de trazer a maior eficiência administrativa possível e, consequentemente, melhor prestação dos serviços públicos aos petrolinenses.

  2. A matéria traduz a mais pura realidade, um verdadeiro descaso com a Guarda Municipal, os Agentes da Autoridade de Trânsito, e sobretudo os Agentes de Segurança Patrimonial – GASP, que estão totalmente esquecidos pela atual gestão, não só com relação a fardamentos, pois eles não teem se quer um veículo para fazer a fiscalização.
    Não adianta querer tampar o sol com uma peneira.
    A gestão atual tem é de parar de maquiagem, divulgado ações e investimentos que de fato não sabemos se vai acontecer.
    Gastem menos com propagandas e super matérias fantasiosas e façam algo de concreto pelos servidores de modo geral, pra população e a nossa cidade que clama por mais atenção e assistência do governo.
    Sem falar que há vários relatos e fatos de que o Secretário Executivo de Segurança do município, trata mau os servidores de sua pasta, com autoritarismo, sem diálogo e o devido respeito com ambas as categorias, impondo e fazendo tudo à revelia.

DEIXE UMA RESPOSTA