Votação sobre ideologia de gênero gera polêmica na Câmara de Petrolina

Resultado de imagem para ideologia de genero

O projeto de lei que proíbe a aplicação de disciplinas sobre ideologia de gênero em escolas públicas municipais e da rede privada de Petrolina, no Sertão pernambucano, foi aprovado pela Câmara de Vereadores. A votação ocorreu na manhã desta terça-feira (7) e agora segue para ser sancionada ou não pelo prefeito da cidade Miguel Coelho.

O projeto de lei de número 132/2017, de autoria do vereador Elias Jardim especifica que “Fica proibida na grade curricular da rede municipal de ensino e da rede privada a disciplina Ideologia de gênero, bem como toda e qualquer disciplina que tente orientar a sexualidade dos alunos ou que tente extinguir o gênero masculino ou feminino, como gênero humano”.

O vereador Elias , destacou que, quando o projeto de lei foi protocolado houve uma mobilização na cidade. “Foi um projeto que causou polêmica, envolvendo servidores das escolas, representantes religioso e também de movimentos LGBT. Mas, na votação tudo ocorreu com tranquilidade. O que defendo, é a família, não posso concordar que em uma escola, se ensine que uma criança nasce criança e não menino e menina. E que no decorrer do tempo ela vai escolher o que quer ser, isso é Inadmissível. ” O projeto foi aprovado e agora deve ser a lei deve ser sancionada.

 

Ruy Wanderley

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.