Ministro da Integração anuncia investimentos para o Projeto Pontal

Resultado de imagem para helder barbalho

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho (PMDB), esteve em  Petrolina nesta quinta-feira (30), onde fez a liberação de R$ 100 milhões para o Projeto Pontal de Irrigação, os recursos são  do Programa ‘Avançar’ do governo federal. Diversos políticos vieram com a comitiva, dentre eles , o presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Avelino Neiva, e lideranças políticas da região. O evento aconteceu no auditório do Hotel Petrolina Palace, na Orla da cidade.

Essas receitas vão permitir a execução da primeira etapa do Projeto Pontal, com cerca de 300 lotes para colonos e 20 lotes empresariais. A ideia é abranger uma área superior a três mil hectares irrigados em Petrolina. . “Hoje estamos garantindo obras na ordem de R$ 32 milhões e estamos assegurando para o ano de 2018 a conclusão desta etapa do Projeto Pontal”, garantiu o ministro.

 

Segundo informações, a ultimação do Projeto Pontal está avaliada  em R$ 300 milhões. Na primeira etapa serão 100 milhões, que são fundamentais para a aquisição  de equipamentos. O Projeto Pontal poderá , em pouco prazo  aumentar em 20% a capacidade de produção de Petrolina.

Por Cauby Fernandes
Ver Postagem

PSDB não rompeu com governo, afirma Aloysio Nunes

Na manhã de hoje (30), o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, disse que “o PSDB não rompeu com o governo” e que “apoia o programa do governo”.

Resultado de imagem para PSDB não rompeu com governo, afirma Aloysio Nunes
Ao sair da reunião da executiva do partido, o ministro conversou com jornalistas e repercutiu a declaração de ontem (29) do ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, que afirmou que “o PSDB não está mais na base de sustentação do governo”.
“O que disse o ministro Padilha é que o PSDB não faz parte da base de governo. O PSDB apoia o programa do governo, o PSDB não rompeu com o governo. Participação no governo ou não é uma questão do presidente”, disse Nunes ao deixar a reunião da executiva do partido.
Mais cedo, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse que o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, poderá ser um dos ministros da cota pessoal do presidente Michel Temer e permanecer ocupando a pasta, mesmo com a saída do PSDB da base do governo.
Aloysio Nunes reuniu-se com o presidente Temer pela manhã, conforme agenda divulgada pelo Palácio do Planalto.
Por Cauby Fernandes
Ver Postagem

WhatsApp sai do ar nesta quinta-feira e usuários reclamam nas redes sociais

Caio Gomez/CB/D.A Press

O aplicativo de mensagens WhatsApp saiu do ar na tarde desta quinta-feira (30/11). A instabilidade começou a ser percebida por usuários por volta das 16h30.

Nas redes sociais, internautas reclamam da instabilidade do sistema e fazem piadas com a interrupção do funcionamento do aplicativo. As reclamações vêm de diversos países, pois, aparentemente, o problema é mundial. O termo Whatsapp, inclusive, está entre os assuntos mais comentados do mundo no Twitter. A reportagem tentou contato com o aplicativo, mas ainda não obteve retorno.
Por Cauby Fernandes
Ver Postagem

A famosa urna 47 mudará a eleição de Sindicato em Petrolina

Imagem relacionada

A eleição para a presidência do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais (STTAR) que foi realizada no último dia 21 de novembro de 2017, se transforma em uma novela que poderá ter resultados nada positivos para  os dois lados. O  juiz titular da Vara do Trabalho, George Sidney, em uma decisão cheia de questionamentos, acatou uma ação solicitada pela Chapa 1, encabeçada pela candidata Leninha, que perdeu a eleição para  Simone Paim, candidata a presidente pela Chapa 2 , por 16 votos de diferença.

Apoiados por  grupos distintos de politicos em Petrolina, as chapas concorrentes , fizeram uma campanha cheia de trocas de farpas e dessa batalha muita gente saiu machucada. O STTAR, é um dos maiores sindicatos do Vale do São Francisco, e muitos políticos, abraçam essa eleição, por que  o seu apadrinhado, poderá se tornar  um cabo eleitoral de precioso valor, que poderá lhe ser conveniente nas eleições de 2018.

O magistrado  entendeu,  ser ponto de justiça , fazer a contagem de votos de uma das urnas que foi contestada pela mesa apuradora durante o processo de votação devido a presumíveis alterações .

Dado a sentença, o juiz decidiu então suspender o resultado que dava vitória a  chapa 2, até que se apure  a contagem dos votos da famosa urna 47.  Simone Paim venceu Leninha por uma margem estreita  de votos (1.617 contra 1.601). Por essa razão. essa urna é famosa e pode mudar o resultado na eleição.

Por Cauby Fernandes
Ver Postagem

Pai acorda e recebe notícia sobre grave acidente e mortes da esposa e filho

Resultado de imagem para Pai acorda e recebe notícia sobre grave acidente e mortes da esposa e filho

O advogado trabalhista e contador Miguel Arruda da Motta Silveira Filho, de 46 anos, acordou, nessa terça-feira (28/11), e recebeu a notícia sobre o trágico acidente envolvendo sua família e a morte da esposa, Maria Emília Guimarães, 39, e do filho, Miguel Neto, de apenas três anos. Desde o capotamento, que aconteceu na noite do domingo, no cruzamento da Avenida Rosa e Silva com a Rua Padre Roma, ele foi mantido sedado pelos médicos. Apesar de devastado emocionalmente, o quadro clínico dele é considerado bom e sem risco de morte. A filha do casal, Marcela Guimarães Motta Silveira, de cinco anos, passa por uma nova cirurgia nesta noite.

“Tiraram a sedação dele, e ele perguntou sobre o que tinha acontecido. Aos pouquinhos, ele vai digerindo essas notícias, mas já sabe do falecimento da esposa e do filho”, contou uma familiar. Miguel estava com a esposa, os dois filhos e a babá Roseane Maria de Brito Souza, 23, grávida de quatro meses, voltando da casa dos pais quando houve o acidente. Um Ford Fusion, de placas NMN-3336, em alta velocidade, atingiu violentamente o carro da família, uma Toyota RAV4, de placas OEZ-4943. A mãe e a babá morreram na hora. As crianças e o advogado foram socorridos.
Miguelzinho chegou ao Hospital Santa Joana com traumatismo craniano grau 4 (o índice de variação é de 0 a 15) e hemorragia no abdômen, que não foi detectada no início do atendimento. Ele foi submetido a transfusões de sangue, mas o volume não subiu. Só então, de acordo com a família, detectaram a hemorragia. Ainda na segunda, o garoto entrou no bloco cirúrgico para conter o sangramento, mas não resistiu.
A irmã Marcelinha foi atendida no Hospital da Restauração e, também na segunda, foi encaminhada ao Hospital Santa Joana. Ela chegou com traumatismo craniano grau 7 e foi submetida a uma cirurgia. Até então, o procedimento no crânio havia sido considerado bem-sucedido. No entanto, na noite desta terça, ela passa por outro procedimento. A previsão é que a nova cirurgia dure cerca de 3h30.
Maria Emília foi sepultada ao lado do filho, na noite dessa segunda, no Cemitério Morada da Paz, Paulista. Roseane foi enterrada no Cemitério Municipal São Francisco de Assis, em Aliança, sua cidade natal. Ela deixou uma filha de dois anos.

O acidente

O trágico acidente aconteceu por volta das 19h30, no último domingo, dia 26 de novembro, no cruzamento da Avenida Rosa e Silva com a Rua Padre Roma, no bairro da Tamarineira. O condutor do Fusion, o universitário João Victor Ribeiro de Oliveira, 26, fez o teste de alcoolemia e foi constatado nível 1,03. Após audiência de custódia, já na segunda, ele foi autuado em flagrante por duplo homicídio doloso e três lesões gravíssimas e encaminhado ao Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. Pouco tempo após a autuação, o Hospital Santa Joana confirmou a terceira morte resultante do acidente, o filho mais novo do casal.
Por Cauby Fernandes
Ver Postagem

Globo volta a ser citada como pagadora de propina em julgamento

Globo volta a ser citada como pagadora de propina em julgamento

Mais uma das testemunhas de acusação do julgamento do ex-presidente da CBF José Maria Marin no escândalo de corrupção da Fifa citou a TV Globo em suposto esquema de pagamento de propinas por direitos de transmissão da Copa América e da Copa Libertadores.

José Eladio Rodríguez, ex-braço direito de Alejandro Burzaco, o empresário argentino dono da Torneos y Competencias, disse que a T&T, uma offshore desse grupo de marketing esportivo, foi criada na Holanda para receber pagamentos de grupos de mídia, entre eles a emissora brasileira, que então seriam desviados aos chefes do futebol.

Os valores, segundo Rodríguez, eram inflados na venda dos direitos a essas empresas para disfarçar o volume de verbas ilícitas embutida nos contratos.

Rodríguez reconheceu José Maria Marin, ex-presidente da CBF que agora está sendo julgado em Nova York, como um dos que receberam propina. Ele citou ainda Marco Polo Del Nero, atual chefe do futebol brasileiro, e Ricardo Teixeira, que abandonou o mesmo cargo há cinco anos sob uma série de suspeitas.

Nas planilhas da contabilidade paralela da Torneos y Competencias, examinadas em detalhe pela acusação diante do júri, os cartolas apareciam sob o nome “iluminados”. Era a designação secreta de Rodríguez para destinatários de pagamentos -durante anos, a testemunha foi responsável por executar as transferências seguindo as instruções de seu ex-chefe.

Nos exercícios fiscais sob a rubrica “iluminados”, a palavra Globo aparece pelo menos quatro vezes, associada a pagamentos que chegam a US$ 12,8 milhões relativos aos direitos da Libertadores e da Copa Sul-Americana.

O mais novo depoimento dado no julgamento, que está agora em sua quarta semana, repete alegações de Burzaco, dadas há duas semanas.

Milhões de dólares fluíram das contas da Torneos para offshores e contas bancárias em instituições financeiras do mundo todo, entre elas os bancos Julius Bähr e Credit Suisse, na Suíça, e Hapoalim, com uma sede em Nova York.

IMPACIÊNCIA

Rodríguez reconheceu diante do júri a mesma troca de e-mails com o ex-chefe em que discutiam a impaciência de Marin e Del Nero, irritados com a demora para receber seus pagamentos -os cartolas, segundo documentos da Torneos, recebiam US$ 600 mil, valor depois atualizado para US$ 900 mil por ano, relativos à manutenção dos contratos de transmissão dos campeonatos da Conmebol.

Ele também confirmou que usava o termo “brasilero”, presente em documentos da Torneos, como codinome de Teixeira e depois de Marin e Del Nero, que passaram a receber a parcela de propina antes destinada a Teixeira.

Num ponto que atesta o que os advogados de defesa de Marin vinham frisando, Rodríguez se disse confuso ao identificar quem naquele momento presidia a CBF, já que Marin e Del Nero eram sempre vistos juntos -Burzaco, em seu depoimento, chegou a comparar a dupla de cartolas a gêmeos siameses.

Rodríguez reconheceu Alexandre da Silveira, secretário pessoal de Del Nero, e José Hawilla, o brasileiro dono da Traffic, empresa de marketing esportivo, em fotografias mostradas pela acusação.

Ele relatou telefonemas com Silveira e disse ter visto Hawilla num encontro com Burzaco e os donos da argentina Full Play, Hugo Jinkis e Mariano Jinkis, em Buenos Aires. Na ocasião, eles discutiam formar a joint venture Datisa, empresa que teria distribuído propina aos cartolas.

OUTRO LADO

Procurado pela reportagem, o Grupo Globo confirmou a compra dos direitos, mas se disse “surpreso” com as alegações feitas no julgamento e voltou a negar esquema de propinas.

“O Grupo Globo comprou em boa fé os direitos da Copa Libertadores da empresa T&T Holanda, então detentora dos direitos. O Grupo Globo está muito surpreso com as alegações feitas no julgamento de que aquela empresa era usada para o pagamento de propinas a terceiros e reafirma que não tolera nem paga propinas”, disse em nota enviada à reportagem.

Del Nero e Ricardo Teixeira negam ter recebido propina. Os advogados de Marin só se pronunciarão após o julgamento. O ex-presidente da CBF se declarou inocente das acusações de extorsão, fraude e lavagem de dinheiro.

Por Cauby Fernandes

Com informações da Folhapress

Ver Postagem