Não podendo acabar com o Programa Nova semente em Petrolina, a solução é mudar o nome

Trabalhar à sombra do seu antecessor incomoda e, incomoda muito. Sabe quando alguém assume um cargo, faz algo bom e vem um abençoadinho e diz…Fulano fez igual, fulano fazia desse jeito, PUTZ! Dá uma raiva meu irmão! Por que parece que você nunca faz o certo. Do mesmo jeito aquela namorada que sempre fala do ex. Ah! ele era assim, fazia assim, era um desgraçado, mas tive bons momentos… Dá uma vontade de dizer: Volta pro infeliz! Tu estás comigo por que?

Assim é com o Programa Nova semente. Por mais que Miguel Coelho faça ações em prol da primeira infância, por mais que ele se esmere para trazer algo melhor, o programa Nova Semente, sempre vai ter a cara  do ex-prefeito Julio Lossio. Assim como acontece com o nome Fernando Bezerra. Quem trouxe o shopping? Quem abriu as avenidas? Pois é! É a mesma situação.  Esse calo do Programa Nova Semente tá doendo demais. Aí Maéve Melo,  a Secretária de Educação de Petrolina, teve a brilhante ideia… Mudar o nome do programa,claro! Eureca! Se não esquecem Julio Lossio por causa do Nova semente, muda-se o nome do programa. Ideia genial. Só esqueceram de perguntar  isso para o povo,  que anda na bronca por conta das mudanças drásticas  no programa.

Em entrevista na última terça -feira , 29, na Câmara de vereadores de Petrolina, a secretária de educação do município  fez a revelação dizendo assim: “Digo que é um Novo Tempo e nós estamos usando muita cautela, cuidados em fazer os planejamentos das ações com o pé no chão, mas acima de tudo pensando no professor, na politica de formação e fazer com que esse educador possa estudar dentro da sua própria carga horária. Agora são muitos desafios e a gente vai ter que trabalhar muito para poder atingir as metas e os objetivos que elencamos como prioritários no planejamento estratégico da SEDUC. A gente ainda está discutindo, se manterá o nome Nova Semente no Programa, a única coisa que sabemos é que o Programa da Primeira Infância nós iremos continuar, pois, entendemos que ele é importante”,declarou Maéve Melo.

Sendo repetitivo, voltamos a dizer: Trabalhar à sombra do seu antecessor incomoda e, incomoda muito. Sabe quando alguém assume um cargo, faz algo bom e vem um abençoadinho e diz…Fulano fez igual, fulano fazia desse jeito, PUTZ! Dá uma raiva meu irmão! Por que parece que você nunca faz o certo.

Por Cauby Fernandes

@lingua

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.