Municípios enfrentarão dificuldades em 2017

“Quanto pior melhor”. O caos nas finanças municipais no Brasil,  é uma triste realidade.  Com menos repasses federais e arrecadação própria de impostos, os municípios têm dificuldades para enfrentar problemas diversos, principalmente  como a seca. Quase 20% dos prefeitos do país que vão assumir o cargo neste dia 1º de janeiro governarão municípios em situação precária.

Levantamento indica que nada menos do que 999 cidades têm decretos reconhecidos pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil com validade até 2017. O país possui 5.570 municípios. A região Nordeste é a mais afetada. Essa situação  levou vários prefeitos a desistirem de reeleição em seus municípios.

Os decretos de anormalidade têm validade de 90 ou 180 dias e vencem entre janeiro e abril de 2017. Com eles, prefeitos reduzem burocracia e têm direito a verbas federais exclusivas para ações de resposta ao desastre –seja ele qual for.

Com a pior seca do Nordeste, quase metade dos municípios da região entram 2017 em emergência. São 853 dos 1.794 municípios em emergência válida até alguma data do próximo ano.

Cauby Fernandes

@lingua

Ver Postagem

WhatsApp deixará de funcionar em alguns modelos antigos de celulares

O aplicativo de mensagens WhatsApp deixará de funcionar em alguns modelos antigos de celulares no começo de 2017.

Segundo o “Olhar Digital”, os modelos nos quais o app deixará de operar já caíram de desuso e estão há cinco anos sem receber atualizações dos seus sistemas operacionais.

Confira os aparelhos que perderão o acesso:

– Todos os Androids com a versão 2.1 (Eclair) ou 2.2 (Froyo)

– iPhone 3GS ou qualquer aparelho com o iOS 6;

– Qualquer aparelho com o Windows Phone 7.

Em fevereiro deste ano, a empresa já havia anunciado que outros equipamentos como BlackBerry OS, BlackBerry 10, Nokia S40 e Nokia Symbian S60 também perderiam o acesso, mas acabou voltando atrás e estendendo o prazo de funcionamento nestes modelos até 30 de junho de 2017.

“Esta foi uma decisão difícil de ser feita, porém foi a decisão certa para que pudéssemos oferecer as pessoas, melhores maneiras de manter contato com família, amigos e entes queridos utilizando o WhatsApp. Caso você utilize um destes aparelhos, nós recomendamos que troque por um aparelho Android, Apple ou Windows Phone mais atual antes do fim de 2016 para que possa continuar usando o WhatsApp”, diz a empresa.

@lingua

Ver Postagem

Agencias bancárias só abrem na segunda dia 02/17

As agências bancárias de todo o país fecham nesta sexta-feira (30) para o recesso de Ano Novo. O atendimento será retomado no dia 2 de janeiro, segunda-feira, primeiro dia útil de 2017.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) ressalta que contas e carnês com vencimento na data em que as agências estiverem fechadas poderão ser pagos no primeiro dia útil seguinte ao feriado bancário sem cobrança de multas por atraso. Segundo a Agência Brasil, a alternativa para o dia em que não houver atendimento nos bancos é utilizar os caixas eletrônicos, internet banking, banco por telefone e correspondentes bancários como casas lotéricas e agências dos Correios.

Quem tem direito a sacar o abono salarial do PIS/Pasep ano-base 2014 tem até essa quinta para ir a uma agência bancária retirar o benefício. E o trabalhador que tem o Cartão Cidadão com senha poderá sacar o abono em um terminal de autoatendimento da Caixa Econômica ou em casas lotéricas até a sexta. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, pouco mais de 900 mil pessoas que têm direito a receber o dinheiro ainda não efetuaram o saque.

@lingua

Ver Postagem

Salário mínimo sobe de R$ 880 para R$ 937 em 2017

Por lei, o reajuste do salário mínimo tem que ser feito com base na inflação apurada no ano anterior e na variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes.

Na proposta orçamentária enviada ao Congresso Nacional, o governo federal calculava uma elevação para R$ 945,80. Como a inflação do período foi menor do que a prevista inicialmente, o valor foi alterado para R$ 937.

A regra de correção do mínimo aprovada no Congresso Nacional é válida até 2019. Em 2015, o PIB encolheu 3,8% e, portanto, esse indicador não é considerado na conta.

@lingua

Ver Postagem