A Lei é para todos! Filho do Senador é condenado por propaganda irregular na internet

Em
tempos de caça às bruxas, os candidatos tem que ficar atentos à legislação eleitoral.
Para não ser multados ou até perder direitos eleitorais, os  pré-candidatos precisam de uma equipe que os
avise para que não sejam pegos falando e  fazendo bobagens, quer seja na internet, ou
nas pequenas reuniões.
A
 equipe do pré candidato Miguel Coelho  e do PSB, 
anda desatenta  e  deixaram que  tanto o partido, como Miguel fossem condenados
a pagar uma multa no valor de R$ 5 mil por propaganda eleitoral antecipada na
internet. Ninguém  no País está livre das
sanções eleitorais, nem mesmo ele e sua equipe  que vem repetidamente postando imagens e
textos em sua página do face book, com o numero do seu partido. Para a Lei eleitoral não existe príncipes nem plebeus! Todos são iguais!. 
O
juiz da 144ª Zona Eleitoral da cidade, disse na sua sentença  que  a
conduta do pré-candidato, lhe dá um beneficio errado  e que sua legenda partidária divulga
ilicitamente.
Miguel
abusa do aceitável na divulgação do número de sua candidatura, colocando a capa
da impunidade, querendo enganar  a
legislação eleitoral. È preciso lembra que a legislação  permite que seja divulgada a  pré-campanha, mas impede a apresentação do
número do suposto  candidato como também
veda  o pedido de votos.

Por
Cauby Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.