.

1
Conselho altera diagnóstico de morte para acelerar transplantes
2
Dirigentes do PSDB pedem para que Temer demita ministra dos Direitos Humanos, Luislinda
3
Imunidade tributária das igrejas isso é certo? Senado quer mudar
4
Projeto do COMDEMA é aprovado em Petrolina
5
Para noivas e noivos
6
Um Pernambuco que quer mudar? Ou um Pernambuco que pode mais? Em quem confiar?
7
Julgamento de Lula no caso triplex é marcado para 24 de janeiro
8
Em Petrolina, Mercado Turístico funcionará em horário especial durante o mês de Dezembro
9
Bancos vão pagar até R$ 5 mil à vista a poupadores de planos econômicos
10
Após escândalo da JBS, Brasil terá selo de ‘integridade’
11
Quando não se tem nada para falar: Gilmar Santos se torna bolha de sabão
12
Barbosa se reúne com deputados e admite que pode ser candidato em 2018
13
Enem para presos e segunda aplicação começam nesta terça
14
Nível do Velho Chico no Oeste da BA aumenta cerca de 4 metros
15
“Pernambuco quer mudar” é um caldeirão de misturas perigosas
16
Igreja Universal é acusada de ‘roubar’ crianças em Portugal

Conselho altera diagnóstico de morte para acelerar transplantes

Conselho altera diagnóstico de morte para acelerar transplantes

Os critérios para diagnóstico de morte encefálica no País foram alterados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM). A nova norma torna mais ágil o processo, o que pode ajudar o sistema de captação de órgãos para transplante. A morte encefálica é o ponto de partida para uma série de providências que transformam o paciente em doador, incluindo a autorização de parentes e a manutenção adequada da pessoa, para garantir a preservação dos órgãos.

Até agora, a morte encefálica precisava ser atestada por dois médicos, mas um deles obrigatoriamente deveria ser neurologista. Tal exigência era considerada um entrave, sobretudo porque nem todos os hospitais têm neurologistas em tempo integral. A restrição não existe mais. Agora, para assinar o laudo, basta que os dois médicos sejam reconhecidamente capazes para fazer tal declaração.

O primeiro deles deve ser o neurologista, neurocirurgião (adulto ou pediátrico), médico intensivista ou médico que trabalha na emergência. O segundo, deve ter realizado um curso ou ter habilitação para fazer o diagnóstico. Os dois profissionais, no entanto, não podem pertencer à equipe de remoção ou ao grupo responsável por realizar o transplante.

Com essa mudança, o CFM estima que o número de profissionais capazes de fazer o diagnóstico no País vai saltar de 4,5 mil para 9 mil. “A segurança nos critérios foi mantida. Estamos dando segurança e qualificando o processo”, garante o neurologista Hideraldo Cabeça, relator do novo texto. A resolução foi preparada há mais de quatro anos, mas aguardava o sinal verde do governo federal, a quem cabia editar um decreto com normas gerais. Isso foi feito há dois meses.

Além da dispensa da presença de um neurologista na equipe que atesta a morte encefálica, o intervalo mínimo entre testes para constatação do estado também foi alterado de 6 horas para 1 hora. Não basta a avaliação dos dois médicos. É preciso a realização de um teste de comprovação. São quatro possibilidades: angiografia, o eletroencefalograma, o Doppler ou a cintilografia. Aqui também houve uma mudança. No passado, para atestar a morte encefálica de uma criança era exigido que fosse feito somente o eletroencefalograma.

Cabeça disse não ser possível calcular qual o tempo economizado com as novas regras. “Mas sabíamos de casos de que era preciso quase 24 horas para que a declaração fosse dada”, disse o neurologista.

A conselheira do CFM Rosana Northen afirmou acreditar que a mudança trará não apenas agilidade, mas segurança para os profissionais que fazem o exame. No próprio CFM havia a constatação de que muitos médicos evitavam fazer o diagnóstico de morte cerebral, por considerar o tema muito delicado e por não ter um protocolo específico. Com o conjunto de regras agora publicado, conselheiros acreditam que isso será mais fácil. “Isso é importante para a saúde pública, para a família do paciente e também para outros pacientes que dependem de transplante”, afirma.

Em março, o CFM deverá fazer um fórum para discutir as novas regras. “A nós, cabe fazer a fiscalização”, disse Cabeça.

Transplante

O possível transplante, que inclui até dez órgãos (veja acima), continua a ser autorizado apenas se o paciente não tiver morrido por politraumatismo, acidente vascular cerebral (AVC), tumor cerebral primário e intoxicação. Também não podem ser doadores pessoas com doenças transmissíveis, câncer e usuários de drogas injetáveis. A nova resolução prevê esclarecimentos aos parentes sobre a situação do paciente e a morte cerebral.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

cristina costa

Dirigentes do PSDB pedem para que Temer demita ministra dos Direitos Humanos, Luislinda

Alguns dirigentes tucanos não possuem paciência quando o assunto é a atuação da ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois (PSDB). Segundo eles, a presença dela causa constrangimento para o governo, assim como para o PSDB que não aprova o trabalho da mesma no ministério. Na convenção do partido no último sábado (09/12), em Brasília, vários políticos pediram sua saída.

O secretário-geral do partido, deputado Marcus Pestana (MG), chegou a comentar que ministra não tem “simancol”. De acordo com os dirigentes, ela não dá retorno satisfatório e sua saída já deveria ter acontecido no momento em que tentou ganhar um salário maior do que o permitido por lei, além de alegar que realizava trabalho análogo a escravidão quando ganhava pouco mais de R$ 33 mil.

“Com a insistência em ficar no ministério, Luislinda está provocando desconforto. Já deveria ter saído faz tempo, mais por questões pessoais do que partidárias. Não deu qualquer satisfação para o PSDB. Não nos representa no governo. Está causando constrangimento para o governo e para o PSDB. Não faz nenhum nexo ela continuar. Deveria ter simancol, ter discernimento e sair. No momento em que o mote é o combate aos privilégios ela vem dizer que R$33 mil por mês é escravidão? E ainda com discurso de mulher negra e pobre. O movimento negro está morrendo de vergonha”, disse Pestana.

Além dele, o vice-presidente do Senado, Cássio Cunha Lima (PB), afirmou que “ela já deveria ter saído faz tempo”.
Luislinda foi criticada ainda por “não dar ouvidos a ninguém”. “Esperamos que o presidente Michel Temer resolva logo a situação de Luislinda. Ela não dá ouvidos nem a turma dela, não quer saber”, afirmou

O novo presidente do movimento negro dos tucanos, Juvenal Araújo, afirmou que uma reunião com o secretário-geral está marcada para a próxima quarta-feira (13/12). Na ocasião, será discutida a continuidade da ministra no governo. Conforme apontado por ele, a declaração sobre trabalho análogo a escravidão causou desaprovação.

“Isso trouxe um descontentamento. Claro que o movimento não concorda. Queremos que a decisão do partido, de desembarcar do governo, seja soberana. O partido é que direciona as decisões de seus membros. O que o Tucanafro quer e o que nós queremos é que o desembarque aprovado seja respeitado por todos”, disse Juvenal Araújo.

 

Imunidade tributária das igrejas isso é certo? Senado quer mudar

 

Resultado de imagem para biblia e dinheiro

A ideia central: “fim da imunidade tributária para en­tidades religiosas”. O pro­blema: “os constantes escândalos financeiros. O Estado é uma insti­tuição laica e qualquer organiza­ção que permite o enriquecimento de seus líderes e membros deve ser tributada”. Está é uma proposta de iniciativa popular que está sob dis­cussão no Senado. O texto, assina­do pela engenheira Gisele Helmer, pode ser engavetado pelossenado­res ou transformado em Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

A proposição é o que o Sena­do chama de “Ideias Legislativas”, que podem ser enviadas por qual­quer cidadão pelo portal E-Cida­dania. Os parlamentares analisam as que ultrapassam o número de 20 mil apoios na internet, como a sugerida por Gisele Helmer. Mas existem 74 ideias no portal com o status para serem avaliadas pe­los senadores. Por exemplo, o fim do estatuto do desarmamento e a proibição do ensinamento de ideologia de gênero nas escolas.

O texto de Gisele Helmer pos­sui 20.134 apoios na internet. Ela quer o fim do direito de “templos de qualquer culto” de não pagar IPTU e Imposto de Renda sobre dízimos, por exemplo. A garantia está na Constituição Federal. O art. 150, VI da Constituição, diz que é vedado à União, aos Estados, ao DF e aos municípios instituir im­postos sobre templos de qualquer culto, regra que abrange também rendas e serviços relacionados à sua entidade mantenedora.

Para a advogada Luciana Pi­menta, a justificativa para tal imu­nidade tributária seria o fato de que as religiões podem ser considera­das como interesse social e que, na qualidade de organizações sem fins lucrativos, não comercializam produtos ou vendem serviços.

Porém, para Gisele Helmer, qualquer organização que permi­te o enriquecimento de seus líde­res e membros deveria ser tributa­da. “Do ponto de vista do Estado, a igreja deve ser enxergada como uma empresa como outra qual­quer que luta com os concorrentes (outras igrejas) para obter o maior número de clientes (fiéis) e com isso ter a maior receita (oriunda de cobranças que variam de religião a outra)”, disse no seu texto.

A autora do texto ainda escre­veu em sua proposta que “as igrejas não podem ser consideradas asso­ciações não lucrativas pois o seu in­tuito de sempre querer mais clien­tes mostra que ela não quer apenas fazer uma boa ação para a socieda­de ela quer, na medida do possível monopolizar a crença”.

A sugestão de colocar um fim à imunidade tributária para entida­des religiosas está atualmente no site Consulta Pública, do Senado, e o placar é dividido. A iniciativa con­ta com 146,7 mil apoios e 148,6 mil reprovações. O texto também está em tramitação na Comissão de Di­reitos Humanos do Senado.

Para o relator da sugestão po­pular da CDH, senador José Me­deiros (PSD-MT), este é um as­sunto que desperta muitas paixões por conta de toda a questão re­ligiosa versus o Estado laico. “E em ambos os lados os argumen­tos são muito fortes. Por um lado, as instituições religiosas em geral retornam os incentivos que rece­bem por meio do suporte a saú­de, educação e outros. Por outro, há líderes religiosos que fazem uso indevido do dinheiro proveniente da atuação da instituição e a uti­liza como meio de vida”, explica.

A Comissão de Direitos Hu­manos e Legislação Participativa promoverá Ciclo de Debates para tratar do tema. Os debates, que contarão com o auxílio de espe­cialistas e entidades relevantes no campo, visam discutir a validade da isenção de igrejas do pagamento de impostos.

Papa Francisco critica sonegação de impostos e evasão de divisas

Papa Francisco, sobre sonegação de impostos:”negam a lei fundamental da vida: o socorro recíproco”

O papa Francisco criticou a sonegação de impostos e evasão de divisas, alegando que estes crimes, além de atos ilegais, “ne­gam a lei fundamental da vida: o socorro recíproco”. O discurso no qual o papa criticou o capi­talismo e os crimes financeiros foi feito em fevereiro deste ano durante um encontro com mil pessoas que promovem a “Eco­nomia da Comunhão” (EdC), movimento criado no Brasil.

A EdC é uma filosofia de mo­delo de negócios que prega o fim das injustiças sociais. “O ‘deus da sorte’ tem sido cada vez mais a nova divindade de uma certa fi­nança e de todo o sistema que está destruindo milhões de famílias no mundo”, disse o líder católico. “O dinheiro é importante, sobretudo quando não temos ele, e dele de­pendem a comida, a escola, o fu­turo dos filhos. Mas ele vira ídolo quando se torna a principal fina­lidade”, argumentou.

CORRUPÇÃO

Mais de R$ 539 bilhões foram sonegados no Brasil em 2016, se­gundo estimativa do Sindicato Na­cional dos Procuradores da Fazenda Nacional. A sonegação de impostos, segundo a entidade, fi­nancia a corrupção. Le­vantamento divulgado no mês passado pela or­ganização não-governa­mental (ONG) Transpa­rência Internacional aponta que o Brasil fechou 2016 ocupando o 79º lugar num ranking sobre a percep­ção da corrupção no mundo, com­posto por 176 nações.

O índice brasileiro foi de 40 pontos, dois a mais que o registra­do no ano anterior, mas o país ain­da ficou três posições abaixo do 76º lugar alcançado em 2015. A esca­la utilizada pela entidade varia de 0 (altamente corrupto) a 100 pon­tos (muito transparente).

“A Igreja realiza trabalhos que seriam uma obrigação do Estado”

                                                                                                                                                                                                                          A advogada Taís Amorim: “Vale lembrar que entidades religiosas não têm finalidade lucrativa e toda sua renda deve ser aplicada em prol de seus objetivos sociais e isso representa, geralmente, uma realidade em que a renda da igreja apenas mantém os seus custos”

Em entrevista à imprensa, a especialista em Direito Eclesiástico advogada Taís Amorim afirma que tributar as igrejas com base na denúncia de alguns lí­deres, poderia prejudicar as igrejas idôneas que não possuem nenhuma relação com tais denominações. Taís que é pastora evangélica acredita que se o Senado aprovar uma emenda constitucional para mudar a Consti­tuição Federal as igrejas grandes poderão se ajustar e assim manter os seus trabalhos, mas as instituições religiosas pequenas fecharam as portas.

“Vale lembrar que entida­des religiosas não tem finali­dade lucrativa e toda sua ren­da deve ser aplicada em prol de seus objetivos sociais e isso re­presenta, geralmente, uma rea­lidade em que a renda da igreja apenas mantém os seus custos. Incluir impostos nesses custos certamente trará um desequi­líbrio na saúde financeira das entidades”, afirma.

Para a advogada, o trabalho das igrejas agrega nas atividades que deveriam ser do Estado, re­duzindo, portanto, o custo dos tra­balhos públicos em muitas áreas, como por exemplo, segurança, saúde e reabilitação. “Ou seja, a igreja realiza trabalhos que seriam uma obrigação do Estado. E mais do que isso a igreja atua de forma efetiva na melhora da condição de vida de uma sociedade, na medi­da que por intermédio da vivência de uma vida religiosa, as pessoas abandonam práticas criminosas, vícios e também tem acesso a saú­de e educação”, argumenta a ad­vogada Taís Amorim. Ela ainda exemplifica que já existem casos em que juízes de varas penais, indicam como instrumen­to de reabilitação obrigató­ria de condenados por crimes, a frequência a gru­pos de ajuda em igrejas.

Forbes lista os pastores mais ricos do Brasil

Em 2013, uma lista divul­gada pela revista Forbes enu­merou os líderes evangélicos mais ricos do Brasil, tendo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, em primeiro lugar, com US$ 950 milhões; Val­demiro Santiago, criador da Igreja Mundial do Po­der de Deus, em segundo, com US$ 220 milhões; e em terceiro lugar, Silas Malafaia, presidente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, com US$ 150 milhões.

A publicação norte-ameri­cana lembra que, enquanto o catolicismo perde adeptos no Brasil, o número de evangélicos protestantes sobe. São vários os fatores que reunidos teriam sido os responsáveis por fazer de algumas igrejas negócios al­tamente lucrativos e transfor­mar alguns líderes em milioná­rios. É o que a revista chamou de a “indústria da fé”.

A publicação lembra ainda que, além de um bom negócio, já que as igrejas são isentas de impostos no Brasil, os pas­tores detêm um grande po­der, principalmente devido ao número de fiéis que ar­rebatam. Muitos recebe­ram passaportes diplomá­ticos nos últimos anos e alguns chegam a ser cor­tejados pelos políticos em época de eleição.

 

cristina costa

Projeto do COMDEMA é aprovado em Petrolina

 

Imagem relacionadaA bancada de situação  na Casa Plínio Amorim, aprovou com ampla maioria de votos  na sessão plenária desta terça-feira (12), um projeto de autoria do Executivo que  chegou à Casa em para ser lido e votado.

Dentro do projeto , a  proposta referente à modificações do Conselho Municipal de Meio Ambiente(COMDEMA).

O projeto não havia entrado na pauta, mas como ela está sujeita a alterações, o projeto teve o aval da presidência e pode ser colocado para votação em regime de urgência urgentíssima.

Os integrantes da bancada de oposição, até tentaram e pediram para conhecer primeiro os detalhes do projeto, solicitando que o mesmo fosse votado na próxima sessão, mas não foi possível. O presidente da Mesa Diretora vereador Osório Siqueira (PSB), justificou que somente o Executivo tinha a prerrogativa de retirar a matéria. Dessa forma, o projeto foi colocado em votação, obtendo 11 votos favoráveis.

Os oposicionistas Professor Gilmar Santos (PT), Cristina Costa (PT), Domingos de Cristália (PSL) e o líder da bancada, Paulo Valgueiro (PMDB), se abstiveram da votação.

Ruy Wanderley

Para noivas e noivos

Wesley Lopes, um dos fotógrafos mais conceituados de Petrolina tem oferta especial de fim de ano para agenda de casamentos de 2018. Noivas e noivos tem até dia 14 deste mês para ver os detalhes pessoalmente no estúdio localizado na rua São José nº167, CENTRO, por trás da Jacaúna Moveis.

Agendamento através do WhatsApp 87 9 9209-3983

Conheça o trabalho de Wesley Lopes clicando aqui:
Site: www.wesleylopes.com
Fanpage: fb.com/ewesleylopes
Instagram: @ewesleylopes

 

Um Pernambuco que quer mudar? Ou um Pernambuco que pode mais? Em quem confiar?

Sabe aquela história de dois irmãos que queriam mostrar quem era o melhor? Aquela, em que  um camponês é morto pelo próprio irmão, só por que esse tinha uma versão a ser apresentada do seu projeto de vida? Pois é ! Poderemos ser testemunhas de mudança na história e poderemos ver ou não , isso acontecer em nosso Estado . Quem será mais forte dessa vez?Um Pernambuco que quer mudar? Ou um Pernambuco que pode mais?

Vivemos dias controversos,  aonde bom mesmo, é quem engana, quem usurpa, quem se julga melhor. Vivemos dias de dúvidas quanto ao caráter de nossas lideranças , que entregam seus desejos ao poder , ao estar por cima.Pessoas de bem, se deixam levar por grupos que apresentam seus projetos e que se acham fortes pelo fato de terem o dinheiro como amigo.

Nesses dias ficou claro, que os mesmos senhores feudais da politica,  querem mais uma vez testar o povo, a imprensa que é porta voz da verdade e assim colocar para a população uma série de seus falatórios  que vem recheados de palavras difíceis , para justamente confundir a cabeça dos pequenos.

Dessa vez,em Petrolina ,  a história vai ser contada através de  dois projetos, duas alas de  sertanejos que já disputaram eleições apresentam suas propostas. Quem será Caim e quem será  Abel?  Ou ambos serão Caim, aquele,  que apenas visava seu projeto pessoal e egoísta?

Estamos diante de um dilema, aonde cada um dos dois irmãos , apresentam suas verdades. E a pergunta que não quer calar e retine absurdamente nas nossas mentes é só uma…Em quem confiar?

Sabe aquela história de dois irmãos que queriam mostrar quem era o melhor? Aquela, em que  um camponês é morto pelo próprio irmão, só por que esse tinha uma versão a ser apresentada do seu projeto de vida? Pois é ! Poderemos ser testemunhas de mudança na história e poderemos ver ou não , isso acontecer em nosso Estado .

 

Julgamento de Lula no caso triplex é marcado para 24 de janeiro

Julgamento de Lula no caso triplex é marcado para 24 de janeiro

8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), responsável pelos processos da Operação Lava Jato em segunda instância, julgará no dia 24 de janeiro do próximo ano o processo que levou à condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e meio de prisão.

A informação foi divulgada nesta terça-feira (12). Os desembargadores da 8ª Turma poderão votar pela absolvição de Lula, pela confirmação da sentença de Moro ou pela alteração da pena para mais ou para menos.

Se for condenado até 15 de agosto do ano que vem, quando se encerra o prazo para registro de candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Lula não poderá concorrer a cargo eletivo. Isso porque a sentença de Moro prevê que ele fique interditado para o exercício de cargo ou função pública por 19 anos, caso a decisão seja confirmada pelos desembargadores.

Aliados do ex-presidente afirmam que a decisão tem como objetivo inviabilizar a candidatura do petista à Presidência da República em 2018. Ele aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto. O caso é sobre o triplex do Guarujá.

 

Em Petrolina, Mercado Turístico funcionará em horário especial durante o mês de Dezembro

Para facilitar as compras de Natal e Ano Novo dos clientes, o Mercado Turístico de Petrolina vai funcionar em horário especial em dezembro. As lojas vão abrir as portas aos domingos, 17, 24 e 31, das 7h ás 14h, para proporcionar mais comodidade aos petrolinenses.

De acordo com o diretor de feiras, Tony César, a mudança no horário foi adotada para atender às necessidades de compra do consumidor, mas também dos permissionários que se preparam para contratar mão de obra temporária, apostando que as vendas sejam positivas nessa época do ano. “A gestão municipal sempre dará o apoio necessário aos comerciantes que têm o espaço como fonte de renda, e, neste período, o objetivo é facilitar as compras e estimular as vendas”, disse Tony.

O Mercado é organizado e fiscalizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário e o horário de funcionamento é de segunda a sexta, das 7h às 18h e aos sábados das 7h às 14.

 

 

Bancos vão pagar até R$ 5 mil à vista a poupadores de planos econômicos

Bancos vão pagar até R$ 5 mil à vista a poupadores de planos econômicos

Representantes dos poupadores e dos bancos fecharam, na noite desta segunda-feira (11), os últimos detalhes do acordo para o ressarcimento de correções das cadernetas de poupança dos anos 1980 e 1990. Os poupadores receberão à vista as indenizações de até R$ 5.000.

Quem tiver a receber valores superiores a esta cifra, receberá em até seis parcelas semestrais -a depender da ação (individual, coletiva ou civil pública). As parcelas semestrais serão corrigidas por uma cesta de índice de preços, que terá como principal referência o IPCA (índice de inflação oficial).

O valor do ressarcimento sofrerá um desconto, que vai variar de acordo com o plano econômico que afetou o poupador.A partir de R$ 20 mil, os descontos variam de 8% a 19%, segundo apurou a reportagem.

A ideia é que os pagamentos possam ser feitos o quanto antes, mas a avaliação inicial é que não dará tempo para sair ainda neste ano. Isso porque o acordo ainda depende de homologação pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

O acordo valerá para os poupadores que tinham caderneta durante a vigência dos planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2. Os detalhes do acordo deverão ser divulgados pela AGU (Advocacia Geral da União) na noite desta terça-feira (12).

Todos que tiverem ações na Justiça, individuais, coletivas e ações civis públicas, poderão aderir ao acordo em um prazo máximo de dois anos.

O valor total de ressarcimento é de cerca de R$ 10 bilhões e R$ 12 bilhões.

Com informações da Folhapress.

cristina costa

 

Após escândalo da JBS, Brasil terá selo de ‘integridade’

Após escândalo da JBS, Brasil terá selo de 'integridade'

Ministério da Agricultura vai lançar nesta terça-feira (12), um selo de integridade para empresas do agronegócio. Segundo o ministério, um dos objetivos é mitigar os prejuízos à imagem dos produtos brasileiros no exterior causados pelo escândalo da JBS e da Operação Carne Fraca.

O selo Agro + Integridade será lançado em cerimônia no Palácio do Planalto com a presença do presidente Michel Temer. Para ter direito à premiação, as empresas terão de apresentar documentos comprovando a adoção de programas internos de compliance, adoção de código de ética, canais de denúncia, compromissos com a sustentabilidade, certidões negativas em relação a dívidas com o poder público, passivos trabalhistas e infrações ambientais, entre outros.

+ Reajuste no INSS pode ser o menor em 22 anos

Após a polêmica causada pela mudança nas regras de fiscalização do trabalho análogo à escravidão, a pedido de ruralistas, o governo vai proibir que empresas citadas na Lista Suja do Trabalho escravo recebam o selo. A ideia é abrir as inscrições para a premiação ainda em janeiro de 2018 e outorgar os primeiros selos em outubro, perto das eleições. “É um esforço conjunto do setor agrícola pela integridade. O selo vai ser um diferencial tanto para o mercado interno quanto internacional e muito em breve será uma exigência do mercado”, disse o secretário executivo do Ministério da Agricultura, Eumar Novacki.

Segundo ele, a ideia de lançar o selo é um complemento do processo de adoção de normas de compliance no próprio ministério e da necessidade de uma resposta concreta diante do escândalo da JBS e da Operação Carne Fraca, que levou alguns países a barrarem a importação de carne brasileira. “Tem a ver sim com a imagem do setor, principalmente, depois da Carne Fraca. Aquilo repercutiu no mundo inteiro e trouxe a necessidade de dar mais transparência ao setor”, disse Novacki.

A ideia, explicou o secretário, foi concebida com a participação das empresas do setor. A premiação terá validade de um ano e poderá ser renovada e usada na publicidade dos premiados.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Ruy Wanderley

Quando não se tem nada para falar: Gilmar Santos se torna bolha de sabão

 O vereador Gilmar Santos (PT), no início do mandato em 2017, emocionou e fez muita gente acreditar que ele seria o diferencial na nova legislatura no quadriênio 2017-2020. Uma bolha de sabão,assim é Gilmar Santos.  Belas e encantadoras são as bolhas de sabão. Elas fascinam pela beleza multicolorida em contato com o sol, mas essa beleza não dura mais que alguns segundos. Um piscar de olhos e elas já não existem mais. Encerram seu ciclo tão rápido quanto surgiram, vão-se como chegaram, não têm história para contar.

No inicio, o Edil levantava uma bandeira que era colorida, que  chamava a atenção. No entanto, nesses últimos dias de 2017, a panela perdeu a pressão. Mas quem não lembra  que quando foi empossado vereador, defendeu a Constituição Brasileira, mas ele esqueceu .

Ele diz defender a cultura, mas qual efetividade nisso? Ele é professor, mas, qual foi o projeto de defesa aos professores que ele apresentou? A sua colega de partido Cristina Costa, tem uma bandeira autentica, mas e Gilmar Santos?

Nas últimas sessões, com discurso prolixo e as vezes enfadonho, Gilmar Santos parece desorientado quanto a sua missão na Casa Plínio Amorim, que é de ser o diferente. O vereador deixa até as formalidades de lado e em tom pejorativo chama seus colegas de Caras. ” Esses caras gritam pra mostrar que são mais machos”, disparou. Não é para ser assim.

Os vereadores ( com razão) se sentindo ultrajados, disseram  que entrariam  com uma representação solicitando que o petista Gilmar Santos se retrate com os demais colegas.

“Ele agrediu todos nós, tem que respeitar, o Senhor tem a cara de bom moço, mas agride a imagem dos vereadores, vou entrar com uma representação e quero que se retrate, estou cansado de ficar vendo você olhando pra cara dos vereadores, humilhando os mesmos, isso não vamos admitir”, disse Gilberto Melo.

 

 

Barbosa se reúne com deputados e admite que pode ser candidato em 2018

Barbosa se reúne com deputados e admite que pode ser candidato em 2018

Apontado como possível candidato à Presidência da República em 2018, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa se reuniu na tarde desta segunda-feira, 11, com deputados federais do PSB para discutir o cenário político-eleitoral. O encontro aconteceu no escritório dele em São Paulo e contou com a presença de oito dos 33 integrantes da bancada na Câmara.

A reunião foi pedida pelos parlamentares, com aval do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. De acordo com relatos dos deputados, nas quase duas horas de conversa, Barbosa admitiu que cogita ser candidato a presidente e prometeu anunciar uma decisão até março do próximo ano, prazo final exigido pela legislação eleitoral para que ele se filie a um partido político para poder participar da disputa.

“Ele (Barbosa) disse que ainda está refletindo sobre a candidatura. Ponderou que hoje está com uma vida estabilizada com a advocacia, palestras e aulas que dá”, contou o líder do PSB na Câmara, Júlio Delgado (MG), ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Delgado era um dos presentes no encontro. Segundo o deputado, a bancada reforçou o convite para o ex-ministro ser candidato pela sigla. “Ele não falou nem que sim, nem que não. Disse que está analisando o cenário”, afirmou.

Delgado ressaltou que o ex-ministro se mostrou atento ao cenário político e ao comportamento do PSB no Congresso Nacional. Barbosa teria questionado a opinião dos deputados sobre como será disputar eleições sem a doação empresarial, proibida pelo STF desde 2015. “Ele perguntou como será enfrentar candidatos de grandes oligarquias, com alto poder econômico. Dissemos que isso não era o principal desafio”, relatou o parlamentar.

No encontro, o ex-ministro ainda se colocou à disposição para novas conversas com os deputados. De acordo com o líder do PSB, Barbosa disse aos parlamentares que deve chegar a Brasília na próxima sexta-feira, 15, para passar as festas de fim de ano com a família e que estava aberto para conversar nesse período. “Ele não está desligado como muitos pensam. Ele está acompanhando tudo”, declarou Delgado.

A reportagem não conseguiu contato com Barbosa. O ex-ministro, que deixou o Supremo em 2014, vem travando conversas com integrantes do meio político há algum tempo. Recentemente, se encontrou no Rio de Janeiro com o apresentador de TV Luciano Huck, que já negou que será candidato a presidente em 2018. Barbosa também mantém diálogo com a Rede, da ex-ministra Marina Silva.

 

 

 

Enem para presos e segunda aplicação começam nesta terça

Enem para presos e segunda aplicação começam nesta terça

Cerca de 32 mil pessoas privadas de liberdade farão nestas terça (12) e quarta-feiras (13) as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em mais de mil unidades prisionais de 577 municípios. Também será realizado hoje e amanhã o Enem para os participantes que tiveram direito a uma segunda aplicação do exame.

O Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (Enem PPL) é destinado a pessoas submetidas a penas privativas de liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade. Os participantes com mais de 18 anos poderão utilizar o desempenho como mecanismo para acesso à educação superior. Já os menores de 18 anos, considerados “treineiros”, só poderão utilizar os seus resultados individuais para a autoavaliação de conhecimentos.

No Distrito Federal, a preparação dos presos para o Enem é focada principalmente na redação. “Observamos que os estudantes do sistema prisional têm muita dificuldade na prova de redação. Por isso, preparamos alguns aulões muito semelhantes aos que são oferecidos aos estudantes externamente, inclusive com professores que trabalham no Enem externo e têm muita experiência com a questão da redação”, explica Wagdo Silva, diretor do Centro Educacional 01 de Brasília, que é a escola responsável pela educação do sistema prisional do Distrito Federal. Os alunos também recebem materiais, como apostilas com o conteúdo para estudo.

No dia da aplicação da prova, todos os professores são convocados para ajudar na aplicação do exame. As provas são realizadas nos núcleos de ensino que ficam dentro das unidades prisionais. Os agentes penitenciários ficam do lado de fora das salas de aula fazendo a segurança. Segundo Silva, a aplicação das provas costuma ser tranquila. “Eu trabalho há 15 anos no sistema prisional como professor e nunca vi relato de um problema sequer na aplicação das provas”, diz.

Para ele, a aplicação do Enem é fundamental para os presos. “A sociedade não tem conhecimento do quanto esses exames são importantes para as pessoas que estão apenadas. É um ponto de partida para essas pessoas porque antes elas não tinham essa possibilidade. Nos últimos anos, há uma quantidade enorme de alunos que chegaram às universidades por meio do Enem”, acrescenta Silva.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mais de 197 mil pessoas presas e jovens sob medida socioeducativa já participaram do exame entre 2011 e 2016. O Enem PPL é uma iniciativa do Inep, em parceria com o Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça e Cidadania (Depen/MJC) e com a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Segunda aplicação

O Enem para os participantes que tiveram direito a uma segunda aplicação do exame também começa hoje. O Inep estima a participação de 3.606 inscritos, que prestarão os exames em 34 locais de 27 municípios.

Entre os motivos para a segunda aplicação estão a interrupção do fornecimento de luz, que afetou 3.574 participantes de nove locais, em Olinda (PE), Teresina (PI) e Uruaçu (GO). Outros cinco casos são de atendimentos a demandas judiciais e 27 resultam de deferimentos da Comissão de Demandas para atender a participantes que tiveram problemas diversos.

Encceja

Nos dias 19 e 20 de dezembro serão realizadas as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade e jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Encceja Nacional PPL). Segundo o Depen, mais de 74 mil presos vão prestar o exame.

Com informações da Agência Brasil.

Nível do Velho Chico no Oeste da BA aumenta cerca de 4 metros

Resultado de imagem para sobradinho

Com as constantes chuvas no Estado de  Minas Gerai e no Oeste da Bahia, o nível d’água no Rio São Francisco aumentou consideravelmente na Região da cidade de Bom Jesus da Lapa.

As  medições  que são feitas diariamente , mostram que o nível do Velho Chico, como é chamado,  subiu cerca de quatro metros nos últimos dias. As informações foram repassadas nesta segunda-feira (11).

Uma excelente noticia para  o Lago de Sobradinho, no norte da Bahia, que também está se recuperando da longa estiagem. Os dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apontam que o reservatório está com 3,27% de seu volume total de armazenamento. Esse nível já chegou a quase 1% nos últimos meses de outubro e novembro.

 

cristina costa

 

“Pernambuco quer mudar” é um caldeirão de misturas perigosas

Marcado para o dia 11 de dezembro de 2017, o evento  intitulado Pernambuco quer Mudar, realizado  no Paço da Alfândega, na área central do Recife, atraiu,  lideranças marcantes da frente de  oposição pernambucana, que chegaram ao evento para demonstrar força  para as eleições de 2018.

Preocupados com o poder  de Paulo Câmara, o” grupo das oposições” tem como líderes os senadores Armando Monteiro Neto (PTB) e Fernando Bezerra Coelho, o ministro Mendonça Filho (DEM), o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e os ex-governadores João Lyra Neto (PSDB) e Joaquim Francisco (PSDB).

O evento  foi considerado o ponto de partida para as oposições em 2018. Depois disso,  um documento com as diretrizes do projeto vai ser lançado  para o pleito do ano que vem. O acontecimento tem como objetivo maior combater as forças dos  governistas na corrida eleitoral de 2018.

Natimorto

No entanto, o que se viu no Pernambuco quer Mudar,  foi uma série de discursos que pareciam iguais, mas que no fundo, cada um queria mostrar que quer tomar o Estado para si. Com olhares de “esguelhas”, e buscando ser o foco das atenções, cada politico que ali falou, deixou claro  que tem seu projeto pessoal, e que aquela farra de aplausos e  de dizer que quer mudança, vai ficar ali no Paço da Alfandega e só.

Assim como Armando Monteiro e Mendonça Filho, Fernando Bezerra tem seu projeto pessoal, e jamais vai deixar que alguém o usurpe, que alguém o tome. As caravanas que saíram de várias partes de Pernambuco levando diversas pessoas, é um reflexo disso. Se não tivessem colocado a viagem para o Recife com tudo pago, jamais aquele lugar estaria cheio.

Mas é assim que funciona! O “projeto Pernambuco quer Mudar” é natimorto! É natimorto por que está dentro de um caldeirão de denúncias na Operação Lava jato, de votos contra o povo na Reforma trabalhista, de projetos na educação que foram tirados do povo e sobretudo da venda do patrimônio brasileiro. É um caldeirão de misturas perigosas . É natimorto por que vem de mentes de pessoas que só visam derrubar Paulo Câmara, não pensando no povo e suas necessidades, mas,  em detrimento do seu projeto pessoal. Justamente nesse ponto, que  o Pernambuco quer Mudar perde forças. Quando junho de 2018 chegar, apenas teremos  a vaga lembrança que esses políticos se juntaram no fim de 2017, mas que agora é cada um por si  e seu projeto.

Não vi algo extraordinário naquele comício, ouvi cada um dos discursos, procurei falas marcantes, mas tudo que ali foi dito, já tinha sido dito por outros. Em suma, o projeto Pernambuco quer Mudar, não tem nada de novo, não tem nada de extraordinário.

Resultado de imagem para natimorto significado

 

 

Igreja Universal é acusada de ‘roubar’ crianças em Portugal

Igreja Universal é acusada de 'roubar' crianças em Portugal

bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e proprietário do Grupo Record de Comunicação, é alvo de uma grave denúncia veiculada pela emissora portuguesa TVI. Nesta segunda-feira (11), o Jornal da Noite exibiu reportagem na qual duas entrevistadas denunciam o bispo por “roubar” crianças de famílias pobres de Portugal para serem adotadas, de formas suspeita, por bispos e pastores da IURD no Brasil. Duas delas, Vera e Luis, teriam sido adotadas pela própria filha de Macedo, Viviane Freitas, e levadas paras os Estados Unidos.

A reportagem trouxe o caso à tona através do depoimento da suposta mãe das crianças, que teve a imagem borrada enquanto contava a história. Segundo a versão da mulher, diante das dificuldades para criar os filhos ela foi obrigada por uma assistente social a deixar três crianças – Vera, na época com 3 anos e meio; Luis, de 2 anos e Fábio, de 9 meses – em uma instituição. Na altura, ela morava em uma casa vizinha à Igreja Universal do Reino de Deus da Amadora (Grande Lisboa).

“Prometeram me ajudar e tiraram os meus filhos”, disse a mulher, que só teria conseguido rever as crianças uma vez, um mês depois de tê-las deixado no que acreditava ser uma creche. A partir dali, só teria visto os filhos por fotografia, 20 anos depois.

A mulher que se apresenta como mãe das crianças, hoje maiores de idade, disse que a assistente social entrou em contato com ela na época da adoção após uma denúncia anônima feita ao Conselho Tutelar português. Ela teria sido denunciada por deixar as crianças sozinhas em casa quando saía para trabalhar. Este teria sido o primeiro passo para as crianças serem retiradas da mãe e colocadas no lar, supostamente administrado pela IURD.

“Eles prometerem que quando as coisas entrassem nos eixos eu voltaria a ver as crianças nos finais de semana. Eu acreditei que iriam ajudar, mas a única coisa que fizeram foi destruir a minha vida e a deles, pelo visto”, disse à reportagem

Identificada apenas como “Ana”, uma babá que se apresenta como ex-funcionária da instituição disse ter cuidado das crianças. Ela ainda declarou que os “lindos irmãos “chamaram logo a atenção do Bispo Edir Macedo, destacando que dois deles, Vera e Luís, foram escolhidos pelo líder para a filha deles, Viviane Freitas. Não foi revelada na matéria por quem Fábio foi adotado.

“Sei onde eles estão, quem os levou e não fazia ideia sequer de nada. Como devem saber, não me deixavam vê-los”, disse a suposta cuidadora, também em imagem borrada, segurando fotografias das crianças.

Outros casos

O caso apresentado pela reportagem seria apenas um entre muitos de crianças retiradas das mães biológicas, acolhidas pela instituição e em seguida adotadas por bispos e pastores de fora de Portugal. O lar de crianças teria sido criado em 23 de maio de 1994 pela IURD, mas só foi licenciado em 2001; ou seja, teria funcionado ilegalmente durante sete anos, sem qualquer fiscalização da Segurança Social, órgão competente em Portugal.

As crianças teriam sido adotadas após ordem de Edir Macedo. Segundo declarações de um ex-bispo da IURD, Alfredo Paulo, o líder teria determinado que todos os pastores e bispos da Igreja deveriam fazer vasectomia antes mesmo de se casarem. Depois, Macedo teria voltado atrás e determinado que os líderes da Igreja adotassem crianças.

Assim, a determinação teria sido seguida pelas próprias filhas de Edir Macedo, Viviane e Cristina, e pelos seus maridos, bispos supostamente submetidos à cirurgia. Mais detalhes sobre o caso devem ser esclarecidos nas próximas reportagens da série da TVI.

‘Campanha difamatória’

A Igreja Universal enviou uma nota, na qual disse que as reportagens não passam de “uma campanha difamatória, mentirosa”. “Não podemos tolerar”, declarou. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, os responsáveis da IURD disse que as informações reveladas pela TVI estão baseadas em depoimentos de um ex-pastor que se afastou da igreja no Brasil por “condutas impróprias”. Ele deixou de colaborar com a igreja em 2013, “por acordo voluntário das partes”.

“Os seus membros, em Portugal e fora do país europeu, apresentarão inúmeras ações contra TVI em Portugal e no exterior”, lê-se ainda na nota. Ainda, que as adoções em Portugal “foram decretadas pelo Tribunal de Família e Menores de Lisboa (capital portuguesa)”, completando que “as crianças foram encaminhadas pela Segurança Social e pela Santa Casa de Misericórdia de Lisboa para um lar – que evidentemente à época não era ilegal -, e vários pais adotivos se candidataram a adotá-las”.

“Contam-se pelos dedos de uma mão as crianças que foram adotadas por essa via – com decisão judicial, sublinhe-se – por casais ligados à Universal.”

 

Ruy Wanderley